Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

21
Ago 08

Pois...

Eu já andava a prever isto

Mas a verdade é que este blog passou já o seu prazo de validade

Deixei de ter tempo para ele

Deixei de ter incentivos para cá vir

Deixei de ter inspiração

Por isso para quê continuar?

Adorei o tempo que esta Alcateia Louca funcionou, mas a verdade é que de louca já tem pouca e alcateia...há para ai um lobito ou outro...e mais nada.

 

Obrigado a todos os que me visitaram

Agradeço a todos os que me deixaram posts

Mas para já vou-me embora

Se um dia regressar...pois acredito que o faça será em outra chafarica

A Alcateia encerra definitivamente aqui as suas portas

Obrigado a todos

ADEUS

publicado por Psyhawk às 11:03

10
Ago 08

Isto vai andar escasso de posts pois estou no algarve... por isso...mas eu prometo tentar contar tudo

publicado por Psyhawk às 20:59

06
Ago 08

Este ditado é cada vez mais real na minha vida.

Enquanto eu não cair para o lado de cansaço esta gente aqui não descansa. Mas será que eu tenho ar de mula ou burro de acarte? É que não há pachorra para tanta porcaria em cima de mim. Acho que vou emigrar! Alguém sabe de algum país engraçado que queira um moço giro como eu?

publicado por Psyhawk às 16:59

Quando um chefe começa a deixar-nos loucos é legal persegui-lo com uma marreta e matá-lo ou devemos apenas ameaçá-lo? Estou com este dilema e agradecia respostas. É que caso contrário vou tomar medidas pelas minhas próprias mãos...ou então ficou louco! E acreditem falta pouquissimo!

publicado por Psyhawk às 00:17

LOL

É assim que posso descrever o que assisti no comboio faz uma semaninha...

 

Vinha a minha pessoa no comboio depois de um dia de praia, quando dá de caras com um casalinho com mais ou menos os seus vinte e poucos. Ele com ar de mau, mas na realidade um cachorrinho, que veste à dred porque é moda. Ela a típica brasileira burra que faz tudo para que lhe saltem para cima. Ambos: cheios de vontade de se comerem.

 

Sentaram-se atrás de mim...e a seguir o que vou relatar são partes da conversa que tiveram. Quem não quer morrer a rir, ou a chorar, faça o favor de se retirar:

 

- Esta linha tem das piasagens mais bonitas de Portugal

- Eu acho linda

- E vêem-se as coisas mais bonitas da zona

- Já vi. Estou ansiosa por chegar a Lisboa. É mesmo antiga?

- Bué. Olha, se olhares para cima vês a Ponte Sobre o Tejo. Há duas, mas esta é que tem este nome. A outra chama-se Vasco da Gama.

- É linda. Nunca vi nada assim. onde eu moro não há isos não!

- Pois...tem para ai 90 anos. É do tempo da ditadura aqui em Portugal. É bué antiga. Na altura um gajo mandou construir isto com escravos e tudo

- Mas é linda... compensou né?

- E se olhares para ali (estávamos a chegar a santos) vês um dos bairros mais antigos de Lisboa.

- É mesmo... quantos anos?

- 1000 para ai

- Você é muito inteligente. Quando falo com você percebe-se que estudou! Quando chegasmos aos Cais do Sodré?

- Tá quase. Depois vamos de metro aquele café do Fernando Pessoa. A Brasileira. É em homenagem aos brasileiros

 

Aqui eu tive que me levantar e sair da carruagem porque senão explodia a rir. Quando passaram por mim eu estava parado a rir. Acho que eles não percebram pois estavam a trocar pegajosos beijos.

 

 

 

 

publicado por Psyhawk às 00:03

05
Ago 08

Eu sei que me ando a baldar que nem um porcvo a este espaço mas não tenho mesmo tempo. Mas deixo já aqui os temas dos próximos posts: Conhecer Lisboa sobre os olhos de um inculto; as festinhas algarvias; de carreira em carreira e por fim... as fotos...as que todos aguardam

publicado por Psyhawk às 17:00

28
Jul 08

O que vão ler a seguir é a cópia de um e-mail que me chegou via a minha colega Ana que me fez rebolar no chão a rir. Vivam os anos setenta. Cambada de meninos este séculos XXI

As diferenças de 30 anos...


Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga.

Ano 1978: O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.

Ano 2008: A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.

Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas.


Ano 1978: Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.

Ano 2008: A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Moura-Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas.


Ano 1978: Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.

Ano 2008: Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um
aluno incapacitado.

Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este.


Ano 1978: O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.

Ano 2008: Prendem o pai do Luís por maus tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da
Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como
o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a
chorar. Maria abraça-o para o consolar.


Ano 1978: Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.

Ano 2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego. Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado "chocolate" ao outro.


Ano 1978: Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.


Ano 2008: A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no
colégio a averiguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Tens que fazer uma viagem.


Ano 1978: Viajas num avião de TAP, dão-te de comer, convidam-te a beber seja o que for, tudo servido por hospedeiras de bordo espectaculares, num banco que cabem dois
como tu.

Ano 2008: Entras no avião a apertar o cinto nas calças, que te obrigaram a tirar no controle. Enfiam-te num banco onde tens de respirar fundo para entrar e espetas o cotovelo na boca do passageiro ao lado e se tiveres sede o hospedeiro maricas apresenta-te um menu de bebidas com os preços inflacionados 150%, só porque sim. E não protestes muito pois quando aterrares enfiam-te o dedo mais gordo do mundo pelo cú acima para ver se trazes drogas.

Situação: Fazias uma asneira na sala de aula:


Ano 1978: O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque "alguma deves ter
feito"

Ano 2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno.


Ano 1978: Não se passa nada.

Ano 2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.

Situação: O fim das férias.


Ano 1978: Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de
Portugal, terminam as
férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.

Ano 2008: Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono,
depressão, seborreia e caganeira.

publicado por Psyhawk às 22:31

Confesso que comprar casa acabou por ser muito menos excitante do que estava à espera. Ok, foi giro e tal achar a tal. Foi engraçado e coiso ver como pôr moveis e outras coisas do género. Mas a parte dos bancos...isso é que já não teve a minima piléria. E a conservatória? Isso então foi sono total? Ou irritação plena!

Sei lá. Eu só sei que ao fim ao cabo dei por mim a pensar que devia ter roubado o dinheiro a um ricaço qualquer, que existe para ai no pais- tipo como fez o tal do Caldeira- fugir para os States e divertir-me uns meses...em vez de andar a fazer o tempo todo contas de cabeça para não ser gamado por ninguém.

 

Não é o pagar que custa..é o sxer extorquido. Porque onde é que já se viu ter que pagar mais de 120 euros por uma folha de papel num notário??? Hello????????? Eu sou jornalista e faço folinhas de papel à brava. Se eu ganhasse assim, tipo...já nem digo á página...mas ao artigo já me tinha casado com a Paris Hilton! Ok...pessoa errada...mas pelo menos com uma gaja gira e boa... e viajado pelo mundo inteiro!

 

Bem...quase dez horas

Ora lá vou eu ser extorquido mais um bocadinho...

Agora é para pagar ao advogado...

Pobre de mim!

publicado por Psyhawk às 22:19

24
Jul 08

Esta é a minha terceira tentativa de por isto com outro ar....

E ainda não sei o que escolher...

publicado por Psyhawk às 23:56

 

Custou mas foi

Depois de pagar mil e uma coisas- porque este pais é só gente a chupar dinheiro para as burocracias fiquem a saber que partir de hoje sou PROPRIETÁRIO

A casa fica já ali...atrás daqueles arbustos!

 

publicado por Psyhawk às 23:52

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO