Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

02
Set 04
Temo que chegámos a um ponto em que temos que ter cuidado com tudo o que dizemos. Há sempre alguém ofendido com esta palavra ou com aquela. Parece que temos que ter, mais que pezinhos de lã, uma boca, e uns dedinhos mais macios que veludo. Todos tentamos ser apenas irónicos e nunca dizer a verdade, porque essa magoa e não é correcto magoar ninguém.
Por isso vivemos numa de politicamente correcto. Até as palavras já mudaram de direcção. Homens e mulheres tem que ser sempre iguais, em qualquer situação até no português. Memsoq ue para isso as suas regras tenham que ser pervertidas. Os grupos minoritários tem que ser sempre tratados com paninhos quentes, ninguém pode ser ofendido. E a verdade continua escondida.
Por isso quando slogans de ordem pública foram pixados numa parede em Lisboa, temeu-se o pior, quando na realidade, deixámos pela primeira vez de ser politicamente correctos para sermos verdadeiros. Porque no governo português temos uma cambada de fascistas que só agora se lembraram do diálogo quando as chamas da raiva do povo se levantam e vêem os cargos ameaçados.

Slogans é pouco.
Chegou a hora da verdade
Chegou o momento de fazer ouvir quem merece
Esqueçam os políticos, ouçam as mulheres

Deixem chegar a Portugal o Women on Waves!
publicado por Psyhawk às 20:16

Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

15
18

20
24
25

26
27
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO