Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

03
Jul 04
Nem tudo pode correr bem numa semana.

Aliás, interrogo-me seriamente quando tudo de bom acontece mesmo!
É como se uma nuvem negra estivesse apenas escondida por detrás de um armário pronta para nos saltar em cima de deixar verter a água que guardou ao longo de meses em pesadas e dolorosas gotas geladas de água.

Para introdução isto não está nada mau...

Todos nos queixamos de ter maus colegas, pessoas que nada fazem e que mesmo assim vivem na sombra de um chefe que tudo faz para os proteger. É como se possuissem a flauta mágica que acalma o dragão.

Se uma revista tiver 100 páginas, posso garantir que essa minha colega, no máximo fez... vejamos, contando com os telefonemas para a mãe, uma colega e amiga tão aborrecida quanto ela, para a irmã, o pai, a tia, o marido que coitadinmho não tem a culpa de ter uma esposa tão idiota, loura e estúpida como ela... ok, perdi-me... ahhh, as paginas, pois...fez para ai...3! E uma delas era só de legendas!

O que mais irrita nisto tudo é o desplante como depois trata alguns colegas que andam cheios de trabalho, dizendo que tem sempre imenso que fazer, que se não é ela as coisas não andam e que é uma moura a trabalhar...onde? Só se for na terra dos sonolentos, dos idiotas e daqueles nada fazem excepto viver colados ao telefone.......... como TU!

O mais grave aconteceu quando num dos dias- em que a revista fechava e todos estávamos mergulhados em papeis a tentar fazer as últimas coisas e chegar a casa antes das duas da manhã...NOT!- a menina resolve ir fazer não sei o quê para a rua. oi altura de lançarmos, todos os outros, olhares reprovativos à chefe, que nos diz com desplante: ela anda chei de trabalho. Além disso foi ver se arranja um contacto. Onde... na máquina do café? No centro comercial?

Não há pachorra...!
E o pior...é vê-la escapar-se por entre as malhas da verdade, já que esta senhora, tão competente, vive de uma coisa tão simples, como a mentira para sobreviver. E escapa sempre...ou quase sempre! Ela sabe que já tropeçou uam vezes....
Pelo menos a minha chefe deve ter os olhos muito fechadinhos porque ali tudo passa.
Haja paciência...
publicado por Psyhawk às 11:49

1 comentário:
E aquelas que conseguem passar o dia inteiro sem fazer rigorosamente nada que tenha a ver com trabalho, nem se dão ao trabalho de inventar ou ter iniciativa para o que quer que seja e que quando chega as 17h30 já olham insistentemente para o relógio a bufar e a queixar-se que o dia nunca mais acaba e o tempo nunca mais passa, como se tivessem trabalhado sem parar o dia inteiro e estivessem muito cansadas... de folhear revistas, com certeza! Pudera, não mexeram uma palha o dia inteiro, é natural que o relógio teime em não passar! Argh, alguém me dê paciência porque a minha está a esgotar.Susana
(http://www.circodeferas.blogspot.com)
(mailto:susanacamacho@netcabo.pt)
Anónimo a 5 de Julho de 2004 às 18:10

Julho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
16
17

18
24

25
26
29


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO