Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

28
Ago 04
Estou a olhar neste momento para o que raptei.
É tão engraçado!
E o pior...nem pedi ainda resgate pela coisa.
Devo andar tontinho.

Por isso fica aqui o aviso:

Perdeu algo que lhe era querido?
Não vê aquele filme que pensava ter mas que subitamente desapareceu?

Então contacte este blog...
Pode ser que o resgate valha a pena!

Vamos ver isto afinal vale alguma coisa...
publicado por Psyhawk às 11:00

Isto não é um post de conselhos. É mais uma verborreia mental...

Nunca fui apologista do sexo fácil...(Vá não atirem pedras...vá, lá acalmem-se!)
Acho que as coisas devem ser feitas um pouco com tronco, cabeça e membros. E que antes de se chegar ai deviam haver outras coisas pelo meio...nem que fosse algumas horas de carinhos, simpatias e afins...ou seja uma espécie de preliminares antes dos preliminares.

Há um tempo atrás, descobri que essa é mais uma máxima que deve ser atirada para o lixo como tantas outras. Porque na realidade...quem é que já não teve uma vez sexo fácil? Baixem os braços por favor que já vi que isto é uam cambada de promíscuos.
Eu já. E garanto-vos: Um twingo é espaçoso e dá muito jeito quando não se tem casa própria. E nem é preciso ter cuidado com manetes e coisas afins...daqueles preturberâncias que os carros adoram ter e dificultam tudo.

Seja como for, o certo é que no fim, quando tudo acabou e já estamos a caminho de casa, ou a mandar a mocita pela porta fora, porque queremos agora ir para a net jogar um pouco de Doom 2000, fica uma sensação de vazio. Um buraco no estômago...como se dissesse... então, não há mais? Ficamos por aqui?
E a interrogação fica...
E permanece alguns dias...
E aquele número que aceitámos, mas que até deitámos fora, por querer ou sem querer, acaba por ser mais um peso n nossa já pesada consciência...
Enim, seja como for, temos que aceitar e depois pensar...
Queremos mais do mesmo ou mais qualquer coisa?

Tanto me dá! Venha ele! Mas se houver promoção do mais qualquer coisa aceito....

:-)
publicado por Psyhawk às 10:48

27
Ago 04
Ainda à umas centenas de minutos quase jurava que ia enlouquecer. Mas o tempo quando passa por nós parece fazer milagres, especialmente porque faltam menos de 14 horas para entrar de férias por 15 dias. Não devo ir a lado nenhum de especial, mas preciso tanto de descansar que nem sei... nunca me senti tão devastado na minha vida. De rastos é quase a palavra! Uma sensação de já não conseguir levantar-me para o dia seguinte. tenho o feito, lguns dias a poder do Red Bull.
Mas agora está tudo sanado.
Vou ver se encho as páginas deste blog cheio de opiniões, isto apesar das escassas visitas no último mês. Mas não sou de me queixar e cá vou anotando mais uma coisita ou outra.
A próxima vez que escrever, se não for amanhã a meio da tarde a fazer uns minutos de gazeta, será já descansado...ou bêbado...logo se verá. Por isso...até daqui a um bocadinho!
publicado por Psyhawk às 01:52

26
Ago 04
Já alguma vez se sentiram quase loucos? Que estavam a perder a sanidade mental e que a qualquer momento a vossa cabeça ia explodir em mil pedacinhos, bem pequeninos e que não se iriam mais encontrar? Pois é assimq ue neste momento me sinto, no dia em que a minha revista está a fechar e em que só há poucos minutos chegaram 300 novidades. Socorro!
publicado por Psyhawk às 19:06

25
Ago 04
Ontem tive a minha primeira experiência à procura de casa.
Como sai mais cedo, aproveitei para ir ver uma casa em Alcântara... uma casa pequenina, mas que estava mesmo ao meu agrado. Como não percebo nada de dimensões não vou sei dizer nada em metros. Posso apenas dizer que tem uma sala do tamanho da que tenho em casa, e um quarto pequenito, mas muito giro. A cozinha era embutida na sala e a senhora ia até deixar os electrodomésticos, que são embutidos. Tudo muito giro. Como uma casinha de bonecas.
Gostei da experiência e vou continuar a tarefa dentro de algumas semanas, pois quero air de casa com algum fervor. Vamos ver é se acho uma dentro dos meus preços que são muuuuuuuuuuito pequenitos. E mesmo assim terei que pedir um empréstimo ao banquito...
Vão ser 30 a 40 anos infernais...
publicado por Psyhawk às 17:06

23
Ago 04
Desde há muito que pensava que a barbari estava proibida de dar na televisão, de ser mostrada ao público, de existir. Ontem provaram-me que estava errado. Não falo dos telejornais e das multiplas atrocidades que se vêem espalhadas pelo mundo fora mas de um espectáculo, de um momento de entretenimento...aliás, um horror. Eram dez da noite quando comecei a fazer zapping. Cinco segundos depois parava enojado e agoniado. A TVI orgulhava-se de apresentar a 5 corrida de toiros da estação.

Foi com horror e indiganação que vi, apenas alguns segundos depois, um toiro ensanguentado a correr em direcção a um cavalo que amedrontado fugia enquanto o nobre cavaleiro o conduzia até às costas do toiro e lhe espetava mais uma farpa. Mudei de canal.

Como é possível que tal espectáculo bárbaro ainda exista?
Como é possível que deixem as crianças verem?
Como é possível fazer isto ainda a um animal?

Não sou hipócrita... sei que os matadouros de Portugal são um absoluto horror onde de tudo acontece e onde a mutilação não é tão incomum como nós pensamos! Não sou e luto contra isso. Mas luto também contra este espectáculo degradante que a TVI, com orgulho mostrava ontem. Um animal ferido, que dentro de dias iria para a matança a ser alvejado com lanças por um idiota que se julga o ser mais nobre do mundo. Um idiota que infelizmente não morreu!

Foi com pena que ontem não o vi ser atropelado, encornado e rechassado pelo touro. Afinal era o que tão nobre cavaleiro merecia. Idiota!

É incrível como ainda hoje se perpetua este espectáculo. Algo que é considerado um absoluto horror por toda a Europa, com excepção dos abrunhos dos espanhóis. É incrível como ainda se considera os animais apenas um objecto, um espectáculo. Como se o destino que lhes é reservado não fosse o suficiente! Não é tempo de crescermos? De Olharmos em frente e vermos mais além?

O que irá transmitir a seguir a TVI...lutas de galos? Ursos a serem apedrejados? Luta de cães? Depois de ontem...não espero o melhor!
publicado por Psyhawk às 21:07

De ti boleias dispenso!
publicado por Psyhawk às 20:54

Pensei para mim, não há muito tempo, que estava preparado para todas as imagens de horror que houvessem...especialmente depois de ter assistido a tantas nos mais variadissimos jornais nacionais ao longo de muitos e muitos anos. Sabiai que estava a dizê-lo e a pensá-lo como uma bravata, mas queria acredita neste sonho.

Há 9h30 da noite verifiquei que o horror ainda mal tinha começado....e que não estava nas notícias mas como um programa de entretenimento puro...

Chamem-lhe tradição, desporto, espectáculo.
Para mim não é mais que uma forma degradante de se tratar animais, ganhando dinheiro sujo a vermelho sangue.

A TVI desceu mais baixo que nunca ao transmitir em directo, pelo quinto ano consecutivo uma corrida de toiros. Foi com horror que no zapping vi um daqueles supostos nobres cavaleiros a espetar uma farpa no animal que já escorria algum sangue, mas como manda o espectáculo lá corria atrás do estafado cavalo. O cavaleiro lá de cima assitia ilsedo ao jorrar do sangue...

É com horror que vejo que os portugueses ainda se divertem com um espectáculo desta natureza. Não sou hipócrita o suficiente para dizer que não sei o que se passa nos matadouros, porque sei, e pesa-me muitas vezes na consciência, pois sei que apenas uns dias antes, aquiloque como foi um animal vivo. mas infelzimente não posso mudar as regras do mundo. Posso no entanto tentar suavizá-las...

Um espectáculo desta natureza é mesmo revoltante. Tourada!
Já não lhes, aos idiotas que assistem com os olhos a brilhar, o destino aque os animais estão traçados? Não chegará já saberem que infelizmente à panela de alguém vão parar?
Porque não deixá-los viver o máximo possível em paz, sossego e tranquilidade?

A tourada é um espectáculo triste, degradante e que me envergionha muits vezes de continuar a ser português! Não me interessa que os espanhoid façam ainda pior, esses bastardos. Para mim o espectáculo em si já é uma vergonha. Especialmente quando sabemos que não há igualdade. Ou será que um homem só, daqueles corajosos que se passeia pela arena se atreveria a enfrentar de verdade o touro?

Sabemos bem que a resposta é NÃO!
Por isso há que primeiro esvaiar o animal em sangue, para depois, 10 ou 15 idiotas o enfrentarem, já cansado e sem forças. Quero ver um só homem tentar quando o animal está em todo o seu auge!

Sei que isso não vai acontecer, por isso bato palmas quando um touro esventra um dos célebres cavaleiros e os atira até um hospital. Talvez eles assim percebam o que a dor antes da morte?! Talvez eles assim vejam que há gente que também aplude quando o touro lhes dá a marrada!

Pode ser que assim esta idiotice que a TVI transmitie acabe de uma vez por todas
Um dia há-de ser
Temo é que não enquanto eu viver.
publicado por Psyhawk às 01:10

22
Ago 04
Eu sei que isto é curto, mas dou um conselho a qualquer pessoa que goste de cinema:

NÃO VEJAM ESTE FILME

è chato, não acontece nada, e a história e argumento é um miséria.
Salva-se a fotografia de Steven Sodebergh

Mas ninguém vê um filme pela fotografia né?
publicado por Psyhawk às 11:14

20
Ago 04
Há poucos momentos pelo que esperar enquanto se vê televisão
Este é o único actualmente...
publicado por Psyhawk às 00:36

Agosto 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
14

16
17
21

24

29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO