Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

29
Jun 05
parece incrível, mas segundo um estudo recente, ao qual tive acesso recentemente via pesquisas inúmeras na internet, palavras como catástrofe, desastre, crise são recentemente novas. Até há bem pouco tempo muitas da snotícias diziam-se sem se usarem palavras destas. Pelos vistos a TVI tem mais força do que eu pensava!
publicado por Psyhawk às 21:54

depois de meses a tentar sacar o jogo do jardim zoológico da net agora não consigo instalar a coisa por falta de crakers...estou a dar em doido.
sim...sou pirata!
LOL
Quem não é?
publicado por Psyhawk às 13:13

IMG_0522.jpg

Vá...não são só belezas neste casamento?
publicado por Psyhawk às 00:16

28
Jun 05

Há casamentos e casamentos....

IMG_0533.jpg


...e digam lá se este não tinha uns modelitos á altura....?????????




publicado por Psyhawk às 01:18

Começou uma nova saga...

batman.jpg

A forma de reescrever a história do herói mascarado mais controverso da história da BD, e também um dos mais famosos, é sempre difícil. É como uma pedra no sapato. Por muito que se tente parece que vai sempre sair algo de mal!

Mas por incrível que pareça, Batman, The Beggining, não se inicia mesmo nada mal.

Christian Bale é talvez o mais interessante de todos os Bruce Waynes... não pela beleza física, mas pelo aspecto gélido que empresta à personagem. E depois há a história...é verdade que desta vez não saltou para a tela um dos principais vilões do herói mascarado, mas para quem já deu uma vista de olhos na DC o Scarecrow sempre fez parte da lista dos mauzinhos de serviço do morcego. E este é feito de uma forma simples, sem exageros e com aquele toque especial que mantém o tom negro e agressivo de todo o filme. Sim, porque este não é um Batman ah lá Joel Shumaker (nunca sei como é que se escreve o nome deste homem). Este é um herói frio, gélido, pronto para executar os vilões e para fazer vingar os seus ideiais. Não existem cores e o preto e o amarelo são os tons principais de uma fotografia que quase que é perfeita, não fosse aqui ou ali cair na lamechice e na figura típica. Só aquele carro é que deixa mesmo muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito a desejar! Ma snem tudo podiam ser rosas....

Não começa mal não senhor este Batman...
Resta saber quem fará de Joker no próximo... sikm porque se avizinha um projecto com pelo menos 3 ou quatro filmes....

Fico sem saber é porque de tirarem a bonitinha Kate da próxima sequela...tinham medo que ela fosse mais protagonista que o principal?
publicado por Psyhawk às 01:13

27
Jun 05
É engraçado ver os amigos irem subindo, lentamente, até ao altar.
É melhor ainda, quando depois os podemos alegrar numa festa que tradicionalmente está cheia de tiques e toques que muitas vezes já não há paciência para ver.
Já disse muitas vezes, que se um dia casar, e tal não deve acontecer, pois não acredito no conceito deste tipo de união, terá de ser uma coisa descomprometida, sem tradicionalismos, mas com muita festa, bubida e acima de tudo boa disposição... claroq ue é isso que eu digo agora aos 30, mas ás vezes passa-nos uma coisa pela cabeça e uma pessoa parece transformar-se e até de hábitos religiosos muda!

Mas voltemos á vaca fria...o que eu acho que muitas vezes, apesar de se falar sempre que é uma festa, neste tipo de cerimónias é diversão em si mesma. Está tudo muito preocupado em fazer pose para a foto, em aparecer bem vestido- embora haja sempre umas aves raras que se vestem de nemo, nenufar ou algo aberrante e que devia estar escondido do olhar de qualquer mortal- e em ser absolutamente correcto. A diversão deixam para os noivos, dizem eles, que, na realidade, nesse dia estão mais nervosos e preocupados com o desenrolar dos acontecimentos para se poderem realmente e absolutamente divertirem. Parece que há sempre algo que lhes escapa...nem que sejam os noivos de cima do bolo! Eh eh ehe!
Por isso andam atentos aos pormenores... e mesmo quando finalmente descontraem, especialmente quando kick in the dance, lá vem alguém chamá-los para as prendas, para o bolo, para a foto assim , ou para a cerimónia assado!

Por isso são os amigos que tem que aliviar a coisa.
E Samuel... nem quero ver o que é que o camara gravou. Confesso que pela primeira vez temo ver as imagens derradeiras. Será que vão editar a coisa? É que senão é melhor darem aos teus papás a versão cortada! Será por assim dizer mais soft!

O que sei é que quando bem feita, quando todos colaboram, especialmente os convidados, que peço bebam muito, mas sem exageros ridículos, tudo corre bem e os dois miudos que estão ali para celebrarem a união, acabam por ver o tempo passar, de forma simples, rápida mas muito calma e divertida! Acho que foi tarefa que se cumpriu desta vez...com música pimba (do mais pimba quase impossível) e tudo. Para recordar cá estão as fotos...e Neuza e Heidi...QUE FOTOS!
eh eh eh eh ehe


publicado por Psyhawk às 22:27

Deve ser das palavras que mais vezes se vêem nos blogs. Masa verdade é que fazer uma pausa, tal como o anúncio do Kit Kat ordena faz maravilhas à saúde, à mente e especialmente à imaginação, que confesso, andava um pouco pela rua da amargura. Pois é, mas agora regresso, depois de alguns dias no Algarve, outros por Londres e um fim de semana demasiado activo para aqui estar mais do que cinco segundos. Venho em força e com muito para dizer...ou assim espero. Vamos ver...
publicado por Psyhawk às 22:16

19
Jun 05
Ando em Londres e por incrivel que pareca esta um calor de morte (este computador nao tem acentos por isso desde ja peco muitos perdoes!!!!!!).... estou a derreter.
publicado por Psyhawk às 15:20

Ando em Londres e por incrivel que pareca esta um calor de morte (este computador nao tem acentos por isso desde ja peco muitos perdoes!!!!!!).... estou a derreter.
publicado por Psyhawk às 15:20

15
Jun 05
20040727_sincity_01.jpg

Conheci o autor há muitos muitos anos atrás através dos livros da Marvel, mais precisamente com as histórias violentas do personagem Daredevil... não aquele que viram no cinema, mas o do homem atormentado pela morte da amada, Elektra que fora incapaz de a vingar e que agora se via a braços com mil e um problemas na cidade de Nova York, mais precisamente no bairro onde nascera: Hell's Kitchen
Foi assim que conheci Frank Miller. Foi isso que me puxou a ver esta Cidade do Pecado, onde abundam actores conhecidos do público e outras figuras que apesar de menos esplendorosas junto dos portugueses, vão, em breve, tornar-se as novas maravilhas do universo.

Sin City é um filme violento, extreamente bem realizado e capaz de atrair audiências amantes dos Comic Books ou simplesmente de duas horas de uma boa película. Histórias não lhe faltam, repletas de sangue , violência, drama e coragem...

E claro...Jessica Alba! (demorei a explicar a razão porque tinha posto aquela foto, mas cheguei lá!) Há lá coisinha mais linda que aquilo. Vai-te embora oh Deborah Secco. Chega-te para lá Rosario Dawson... o que está mesmo a dar é esta loura fantástica. Que ainda para mais a vamos poder ver mais 3 vezes este ano, em peliculas tão diferentes como Fantastic Four ou Deep Blue Ocean...
Mas voltando ao filme.... uma experiência diferente, perfeita e que sem dúvida merece todo o crédito que se lhe deu.

E parabêns a Robert Rodriguez...os Spy Kids foram coisas muito mazinhas, mas este Sin City, é de se tirar o chapéu!
publicado por Psyhawk às 13:11

Junho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
30


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO