Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

28
Fev 07
Bem que eu tentei evitar, mas foi inevitável...o computador foi mesmo para arranjar! Damn! Só não fico muito triste porque vou estar fora uma série de tempo...e por isso não ia precisar dele...
publicado por Psyhawk às 13:20

26
Fev 07

Realmente 2007, para mim, não está a ser o ano da tecnologia...

Desde Janeiro que me queixo que o computador está a morrer. E está...basta estar aqui ao meu lado e olhar para ele. Até dá pena o bichinho. Mas espero que amanhã o veterinário computadoristico o cure...

Desde Novembro que me queixo que o meu telemóvel perdeu a internet, metade do java e os MMS... desde Dezembro que vou a lojas que não me arranjam a solução... sim, porque o problema foi causado pelos técnicos da TMN, quando fui pôr o telelé a arranjar... quando as teclas se estragaram... (coitado...agora pensando bem o aparelho está mais morto que vivo!)

Agora está arranjar...outra vez, depois de muito questionar a TMN. Regressa dentro de duas semanas. Até lá tenho um Nokia moderno...que eu cá não aceito velharias! LOL

E no Domingo lá de escafedeu o Ipod...não me perguntem como. Está na maldita Worten que só mo dá daqui a 3 semanas! É preciso lata.

Este ano definitivamente não estou virado para as tecnologias!

 

publicado por Psyhawk às 23:24

Há muito tempo que não estavamos todos juntos.... bem...nem estávamos todos, mas estávamos muitos.

Somos amigos há anos...talvez demasiados para eu ainda me lembrar verdadeiramente quantos. Umas alturas não nos largamos...outras parece que nunca nos vemos. Acho que nos últimos tempos andamos mais perto desta última faceta. Por isso mesmo, com algum esforço, unimos agendas e toca a lanchar. Local escolhido: a sempre fabulosa Haggen Dazen...do Chiado claro!

Por sermos confidentes, amigos e compinchas há tanto tempo, assim que nos vimos, todos aqueles laços que podiam estar quebrados, por não nos vermos regularmente, voltaram a unir-se. Em segundos descobrimos que continuamos a saber da vida uns dos outros, com pormenores e tudo, seja por mail, carta, telefone ou blog...

E assim em quinze minutos o ambiente voltou ao dos tempos de faculdade. Todos falavam, ninguém se entendia. Imperava a risota, a palhaçada e o comentário travesso. Mas também se falava de amor, paixões, ex namorados e namoradas...e claro...dos malditos empregos, que uns já domaram e outros ainda andam a aprender a chicotear. Foram cerca de quatro horas de boa conversa, convívio e alegria...

Só espero que se repetira depressa...

Se o quiserem recordar eis aqui a hipótese esperada

publicado por Psyhawk às 23:08

24
Fev 07
publicado por Psyhawk às 11:39

Feita manualmente, exigindo perícia e muita paciência, a calçada portuguesa é dos asfaltos mais bonitos do mundo. Poucos paises se dão ao trabalho de fabricar passeios como os nossos, onde se conta a nossa história, desejos, medos e princípios. É bela, e é só pena ser tratada como fosse durar para sempre.

É bela, bem feita e por vezes enigmática...

...mas péssima para andar nos dias de chuva.

Seja sapato de salto alto, borracha, de madeira, plástico...não interessa, seja como fôr, corre-se sempre o risco de ir parar ao chão numa brutal e espalhafatosa queda da qual podemos ou não recuperar completamente.

E como o chão não é fofo imaginem lá a dor.

Sempre gozei com quem não se segurava nas pernas quando andava pelas ruas lisboetas, até que, como diz o ditado, quem ri por último ri melhor...e lá fui eu parar ao meio do chão...por duas vezes no mesmo dia. Maldita calçada portuguesa! 

publicado por Psyhawk às 11:20

A quem me visita e me vê no msn...

Como não sabia como explicar isto aqui vai. Se nos ultimos tempos me apanham no msn durante uns segundos e depois desapareci, não é uma questão de fuga para a vitória, mas sim porque o computador continua louco e liga-se e desliga-se sozinho (Dantas vou voltar a chatear-te), por isso não estranhem de não me verem ou não conseguirem falar comigo por aqui à noite ou aos Sábados...quando isto está vivo. Apenas durante a semana estou presente porque no local de trabalho, apesar de pré histórico, o msn funciona. Aqui o problema é mais do computador que tem que ir levar mais uma marretada.

Aviso ficou feito

Sorry people!

 

publicado por Psyhawk às 09:46

22
Fev 07
Não é irritante ver a hipocrisia fluir á vossa volta e não se poder fazer nada? Não dá vontade de matar alguém!
publicado por Psyhawk às 11:07

21
Fev 07

Não pensava neste ser há anos e anos... e subitamente hoje, no autocarro dou-me de caras com ele...

Lembro-me desta mulher desde sei lá quando...ia eu para a minha escola secundária, quando esta mulher, de aspecto duvidoso e muito poucos dentes entrava no autocarro. Era ver o povo afastar-se. E nós, como bons meninos dos Olivais, a gozar á força toda! Era como se fosse o nosso saco de pancada habitual. Entre nós bichanava-se e havia sempre quem arriscasse uma boca ou outra. Umas vezes ela respondia outras ia mergulhada no seu fedor e pensamentos, e nada fazia.

Hoje voltei a cruzar-me com ela...

...e acreditem a senhora não mudou nada. O cheiro está lá, o semblante continua na mesma...e a falta de dentes também. A única diferença é que eu estou sensivelmente mais velho e o autocarro que agora frequento não passa por nenhuma escola secundária, de putos doidos.

Mas foi estranho ver esta criatura, que não envelheceu nem um bocadinho, voltar a passar por mim. Ela que já fazia parte do meu imaginário, juntamente com um outro maluquinho de nome  Olivais...

E lá estava ela...

Pelo menos, serviu para me recordar dos velhos tempos...e das minhas patifarias de adolescente! Deus...estou velho!

 

publicado por Psyhawk às 21:50

20
Fev 07

Não, não falo de nenhuma que me apeteça pôr em prática, mas daquela que as nossas televisões, desde ontem exibem.

A SIC, e a Sodona Teresa Guilherme andam deseperados à procura de um êxito noveleiro. O Jura foi uam desgraça...o 7 Vidas uma atrocidade...O Aqui Não Há Quem Viva...estava mesmo morto.  

Vai dai, foram aos baús das novelas Chilenas e Argentinas (mais uma vez...porque não não lhes bastava ter a Floribella no ar!!!!) e desencantaram de lá uma adaptação que aquelas televisões fizeram da história do Conde de Monte Cristo, que os rapazes e raparigas da América do Sul tanto adoraram.

Vai dai toca a transportar a bela história (que já deu filmes brilhantes), escrita originalmente pelo senhor Alexandre Dumas para a realidade portuguesa. E ai começa a asneira...

Quem já olhou para a a novelita made in SIC reparou já nestes belos pormenores (e estamos só no 2 episódio):

1- O Paulo Rocha, a Lúcia Moniz e o Diogo Morgado foram as escolhas mais infelizes para esta novela, pois sabe-se lá como perderam toda a capacidade que tinham de ser actores. Os três paracem monos que para ali andam. Do Paulo Rocha, já era de esperar...agora do resto. Salva-se o elenco mais velho...com excepção da Teresa Guilherme, que volta aqui a querer brilhar como actriz e que faz tudo...menos ser aquilo que devia ser...

2- A realidade marroquina, pintada nesta novela é sem dúvida atróz. Tenho a certeza que o embaixador deles, aqui em Portugal ainda não viu este máginífico produto, que apresenta Marrocos mergulhado num bárbaro século XIX, onde a electricidade é rara e ainda nem existe numa simples prisão... que já agora, há semelhança das do século XVI são feitas de argila.

3- A montagem é feita à la Morangos com Açúcar e em tons amarelados para dar mais realismo à coisa. No entanto, só consegue deixar-nos ainda mais enjoados do que estavámos depois de vermos a actuação, mais uma vez, do Paulo Rocha

4- Os cenários das casas voltam a ser bonitos, mas de uma funcionalidade pouco brilhante. Tal como nos primórdios da televisão continuamos sem ângulos e as pessoas falam todas umas com as outras de lado

5- A história é montada em formato de Flashback, anáforas e elipses... mas na realidade é com muito esforço que conseguimos descortinar o que era 2000, 2006 e 2007... especialmente quando os figurantes aparecem duas vezes em cenas diferentes, pertecentes a anos completamente dispares. Do best...

E assim se fazem novelas na SIC!

FUJAM enquanto podem!

 

publicado por Psyhawk às 23:00

19
Fev 07

Não...não estou a fazer nenhum cantico para finalmente virar um Adónis...embora ande no ginásio a fazer um esforço tremendo para ficar com menos barriguita. Mas a verdade é que emagrecer, mesmo com dietas e ginásio é tudo menos fácil.

Basta o exemplo de hoje de manhã... pois é...faltava contar isto.

 Antes de ir ao Freeport tive que ir ao belo IKEA para abastacer-me de cabides, porque os meus cá de casa, estavam pela hora da morte (aliás tenho a certeza que havia um ou outro que já estava mesmo morto e só ainda não tinha morrido mesmo pois a carta de aviso certamente se extraviara).

Era cedo quando lá cheguei e o meu querido papá resolveu que tinhamos que ir tomar o pequeno almoço.

Normalmente o meu dito petit dejeneur (será que é assim que se escreve. O meu francês está mesmo arruinado!) resume-se a umas goladas de iogurte ( quem ia na dizer coca cola enganou-se!) E mais nada. Ás vezes, quando não tenho muito trabalho, também se arranja, já mais perto do meu dia, espaço para umas torradas...mas só no Inverno.

Pois, mas voltando ao IKEA.

Quem já lá foi sabe que eles servem uns pequenos almoços a dar para o inglês. Por isso mesmo eu estava decidido a não comer nada daquilo. Disse ao meu querido pai que não valia a pena e que ele fosse buscar para ele. Ele ouviu-me? NÃO!

Eis o que chega à mesa para a minha pessoa

Um prato com: bacon, ovo mexido e salchichas. Acompanha tudo num perizito, doce de pêssego e de framboeza e ao lado pão fresco em pequenos triângulos. Porque ainda não estava repleta a ementa junta-se um sumo de laranja fabuloso.

Devorei tudo...

E depois querem que emagreça!

Damn Girl!

publicado por Psyhawk às 21:15

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
16
17

18
23

25
27


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO