Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

07
Mai 07

Ok...passei do post 1000 e agora? Terei ainda alguma coisa para dizer? Falta abordar algum assunto? Para dizer a verdade nos últimos dias ando-me a sentir um pouco vazio de ideias. Parece que tudo já foi escrito, refeito, tocado... e que a única coisa que eu ando para aqui a fazer é encher chouriços.

Eu bem tento apelar à minha originalidade, mas estou como a bela Scarlet Johnsan...que ainda só chegou ao post 100.... Será que vou ultrapassar esta marca? Será que conseguirei manter este blog aberto mais tempo. Preciso reflectir!

Vou comprar um espelho!

 

publicado por Psyhawk às 21:53

A frase já deixou, há muito, de ser nova. Aliás, nos últimos tempos já se repetiu tanto que já toda a gente a conhece muito bem: "Não tenho tempo." É o que dizem. Mas porque não? "Porque para amar, gostar de alguém, para chegar a algum lado leva tempo...e agora não tenho. Tenho projectos...mas amor...ainda não!".  A resposta, pode não estar bem decorada, nem ser uma citação perfeita, mas a verdade, é que é mais ou menos isto que ao longo dos últimos tempos tenho ouvido os famosos dizerem...especialmente o pessoal mais novo...

 

Pensava eu: "Grande treta. Mais uma peta que me estão a impingir pela goela aberta".

 

Mas a verdade é que não estão.

Basta olhar para mim...e para tanta gente que me rodeia.

Acho que, nos últimos anos, esta malta de trinta...quarenta...ok, até com vinte anos, colocou o amor (e até a paixão) à espera Uma espera indefinida... e que pode ser bastante longa. O tempo para gostar, amar, e etc e tal desapareceu. Há tanto para fazer: é o trabalho, as obrigações, as contas, os amigos...eu sei lá. E por isso o tempo para arranjar alguém mesmo a valer ficou para outra altura. Ficou para dias melhores, como diziam antigamente. Porque agora "não tenho tempo."

Prefere-se arranjar alguém com quem matar o bicho...mas não mais que isso...porque é preciso tempo, e para mais...não há!. É como se o amor, a paixão, fossem neste momento bichos indesejados, seres malignos que nos consomem o pouco tempo e forças que temos. Por isso não faltam por ai, centenas de solteiros, tipos como eu, à procura não sabem bem do quê, mas sem querer verdadeiramente encontrar... tudo porque acham que não têm tempo.

Temos que arranjar. Senão vamos virar tios... ou então uns pais (porque as produções independentes...daquelas para as quais não é preciso tempo mantém-se) muito chatos! Aborrecidos.

Por isos toca a procurar...mas com tempo!

 

publicado por Psyhawk às 00:27

Perdi-a... meti-me com famosos e deu no que deu. Não posso dizer que não me tenha divertido no sábado, mas faltava-me qualquer coisa. para a próxima não falto!

Recado dado!

publicado por Psyhawk às 00:10

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

17
19

20
26

29


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO