Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

13
Jul 08

Eu sei que o video é velhinho (são as Wilson Phillips em 1990), que nem é lindíssimo, mas a música está mesmo a bater com o que ando a sentir

 

 

publicado por Psyhawk às 23:09

 

Ora o senhor papa anda muito em baixo. Não consegue fazer milagres e a cada segundo que passa perde fieis. Acreditar nas ideias retrógadas da igreja católica já deu mais rendimento que dá agora. Por isso, vai dai, pôs a pensar em ideias para trazer mais gente às igrejas e sacristias. Pensou, pensou, pensou...

 

E decidiu pedir perdão ao mundo por ter tantos padres na igreja que são pedófilos!!!!!!!!!!!!!!!

 

Acha assim que vai conseguir arranjar mais meia dúzia de fieis para engordar o seu bolso. Pois...o pessoa, é parvo e tal, mas não é assim tanto oh papa!

 Há pois sim, deve conseguir mesmo o pretendido. Só se forem malucos, doidos varridos e gente sem cabeça. Mas ele acha que por ele perdoar os sacripantas que o pessoal já vai achar que eles são cordeirinhos mansinhos??? Tá a gozar o tipo? Aliás só falta pedir a seguir para deixar as criancinhas darem um beijinho no, acha ele, ex-pedófilo!?

 

Tenho a certeza que este senhor anda a ver demasiados filmes de ficção ciêntifica!

 

publicado por Psyhawk às 23:00

11
Jul 08

Ronaldo, Ronaldo, Ronaldo, Ronaldo, Ronaldo

Já não posso ouvir falar deste ser!

Não há mais ninguém no mundo?

publicado por Psyhawk às 13:17

Mais uma vez cinema...mais uma vez uma história.

Senhores onde é que isto acaba!

Eu sou despassarado, mas assim tanto não me conhecia!

Estava em conversa com uma amiga minha a jantar- tínhamos acabado de comprar os bilhetes há uma hora- quando chegou a  conta.

Entre trocos e moedas lá despachámos a coisa bem depressinha porque ainda queríamos espreitar os saldos. Alguns minutos depois, já a ver o desejado, eis que me lembro de olhar para o bilhete, pois não me lembrava da hora. E onde é que ele estava? Pois é...nem eu sabia! Carteira para a frente, carteira para trás e nada. Onde raio estaria aquela coisa?

Lembrei-me então...

Corri até ao restaurante e fiz aquele ar de parvo. Perguntei se já tinham deitado a toalha fora onde estávamos a comer. O senhor disse que sim, mas dispôs-se a ver se lá estavam os bilhetes quando lhe disse o que tinha perdido. Sorte das sortes encontrou-os. Mas outra igual não consigo !

Pior de tudo...o filme era uma merda. Mais valia ter perdido os bilhetes do que ver o Wanted. Coisinha mais rasca!

publicado por Psyhawk às 00:31

10
Jul 08

 

Death Defying Acts- Catherine Zetta Jones e Guy Pearce num drama onde abunda a magia, as segundas intenções e onde nada é realmente o que parece.

 

 

Made of Honor- Para rir, com vontade e para as meninas chorarem... qual é a novidade?

 

 

Hancock- Ficção a tentar ser séria. Vale por ser domingo

 

 

 

 

 

 

publicado por Psyhawk às 01:53

Olá cá estou eu... e não sou o brize continum...lembram-se? Pois eu lembro...

 

Mas não é disso que quero falar. Não senhor.

 

Pois está uma pessoa satisfeita porque vai poder comprar algumas coisitas de marca por um valor menor quando subitamente é considerada quase párea da sociedade. E mesmo antes de as comprar.

 

Estava eu ai num centro comercial aqui do burgo, quando satisfeito, ao olhar para a montra vejo que aquele casaquito que custava milhões agora estava mesmo ao preço que eu gostava. Dou um passo e entro na loja...e sou brindado com trezentas campainhas sonoras, gritantes e logo a seguir uma enorme manápula de um segurança.

- Passa-se alguma coisa?- perguntei meio aparvalhado

- O senhor tem ai um objecto que não lhe pertence. Posso ver o seu saco?

Referia-se à minha mala de trabalho.

- Não!-disse irritado com o tom acusatório do ser da manápula.

- Então não pode entrar na loja. Lamento mas se persistir sou obrigado a chamar a polícia. Tem um objecto que não pagou na sua posse.

 

Fiquei atónito!

Ok, como tanta gente na minha puberdade, que já lá vai o tempo, fanei uns chocolates e umas maçãs... mas esse tempo já lá vai...há "canos"!

 

- Ok... pode ver a mala, mas se não estiver ai nada...

- Então o senhor tem-na vestida. Ou escondida.  Acontece muito. Lamento mas não vai poder continuar a entrar...

 

Nesta altura estavam já uma série de pessoas a olhar para mim. Claramente tinha cara de larápio.

A discussão com o segurança prolongou-se alguns minutos. Ele insistia que eu tinha algo que não me pertencia. Até que a senhora da loja, já claramente aborrecida com a situação veio ter comigo. E, delicadamente e em segundos percebeu o que raio ali se passava...

 

- Pode mostrar-me a sola dos seus sapatos?

Mostrei. Colada a uma delas, um papelito vermelho, antigo como só deus sabe...

 

- Pois...deve ter pisado isso antes de entrar aqui...isso é um alarme! Tire-o lá.

 

Tirei-o. Tentei passar a porta e desta vez já não apitei.

 

- Isso são loucuras da Zara. Estes alarmes nunca são bem desativados... E muita gente nunca os tira. Depois um dia, os papeis caem, reactivam-se, andam pelo centro comercial semanas a fio ao deus dará e se alguém os pisa e tenta entrar em algum sítio tem uma recepção sonora

- Sonora e não só, disse eu, porque aqui o gorila estava a tratar-me como um criminoso. E nem tinha provas

 

A coisa ia continuar, garanto porque a minha fúria estava a subir, até a senhora pedir-me desculpa e obrigar o deficiente do segurança a fazer o mesmo, apesar de muito contrariado

 

E assim passei por ladrão sem o ser

publicado por Psyhawk às 01:11

03
Jul 08

...que regressei de férias há pouco mais de semana e meia, mas com o sol, e o excesso de trabalho, só consigo pensar em praias, calor e festas. Alguém se oferece para me dar alento? Ou vamos mas é todos curtir?

publicado por Psyhawk às 12:28

02
Jul 08

Eu era para colocar aqui uma foto da Manuela Ferreira Leite. Juro! Era... mas depois não consegui. A senhora assusta-me, que querem! Lembra-me aquelas professoras primárias  pérfidas  dos filmes infantis. E depois aquela voz...senhores. De fugir!

 

Pois, estava eu ontem no job (sim, ontem e hoje foram dias de loucura ambulante) quando dei por mim a olhar para uma entrevista, na TVI, à Manelinha.

Fiquei pasmado com a força e destreza da Constança Cunha e Sá em pegar aquele bicho pelos cornos....e nem percebia porque é que ela o tinha feito. Estaria louca ou seria uma entrevista ás pessoas mais estranhas de Portugal?

Até que descobri! A gaja quer ser primeira ministra.

 

Primeiro tremi só de pensar nela como nossa chefe de estado!

Depois tive pena de todos os outros primeiros ministro que vão ter que lidar com ela

 

E depois na minha cabeça fez-se outra luz...

 

Como é que a pior ministra da educação que alguma vez tivemos, que conseguiu pôr os estudantes quase todos os dias na rua a chamar-lhe todos os nomes possíveis e imaginários pensa em ganhar eleições? Ou será que ela se esqueceu que esses jovens, na altura meio imberbes são agora os votantes? Ai esqueceu? É que não devia!  E é verdade que o pessoal tem memória curta e já está farto do Sócrates até não mais poder...mas nunca se esquece quem nos tramou a vidinha na faculdade e na escola. Especialmente quando se é tão feio e tão marcante. Chiça.

 

Tás feita gaja!

publicado por Psyhawk às 22:30

01
Jul 08

Estava a ver stand up comedy a sério- era a Ellen Degeneres- e subitamente ela falou sobre objectos que depois de comprados são tão dificeis de abrir...apesar de lá estar escrito abrir por aqui...ou abertura fácil

 

A verdade é que ela não podia estar mais certa.

Compro CDs há anos e anos e a verdade é que são cada vez mais dificeis de abrir. O plástico é colocado de forma tão estranha que só com um objecto cortante e afiado se chega ao prémio. E não adianta pegar naquela fitinha que diz: abrir por aqui. Isso é o maior erro. Assim que fazemos um mini puxão ela parte-se e acabou a festa. Lá vamos ter nós que pegar na tesoura para abrir um buraco para finalmente pormos aquilo a tocar!

 

Pior mesmo só pequenos eletrodomésticos e pilhas. Estão enfiados dentro de um cartão grossíssimo que só com uma serra eléctrica se lá chega. Se tentarmos o óbvio, rasgar, o que é que acontece? Nada! Ficamos apenas com mais cartão na mão e regra geral com mais dificuldade em chegar aquilo que realmente querdemos: o que está lá dentro.

 

Alguém lembra as pessoas que fazem estas embalagens que o pessoal não é o Hulk? Ou que é feito de vidro? É que qualquer dia, eu juro, deixo o objecto comprado por abrir e chamo o embalador para ver a bela merda que fez!

publicado por Psyhawk às 23:59

Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

15
17
18
19

22
25
26

27
29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO