Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

06
Ago 08

Este ditado é cada vez mais real na minha vida.

Enquanto eu não cair para o lado de cansaço esta gente aqui não descansa. Mas será que eu tenho ar de mula ou burro de acarte? É que não há pachorra para tanta porcaria em cima de mim. Acho que vou emigrar! Alguém sabe de algum país engraçado que queira um moço giro como eu?

publicado por Psyhawk às 16:59

Quando um chefe começa a deixar-nos loucos é legal persegui-lo com uma marreta e matá-lo ou devemos apenas ameaçá-lo? Estou com este dilema e agradecia respostas. É que caso contrário vou tomar medidas pelas minhas próprias mãos...ou então ficou louco! E acreditem falta pouquissimo!

publicado por Psyhawk às 00:17

LOL

É assim que posso descrever o que assisti no comboio faz uma semaninha...

 

Vinha a minha pessoa no comboio depois de um dia de praia, quando dá de caras com um casalinho com mais ou menos os seus vinte e poucos. Ele com ar de mau, mas na realidade um cachorrinho, que veste à dred porque é moda. Ela a típica brasileira burra que faz tudo para que lhe saltem para cima. Ambos: cheios de vontade de se comerem.

 

Sentaram-se atrás de mim...e a seguir o que vou relatar são partes da conversa que tiveram. Quem não quer morrer a rir, ou a chorar, faça o favor de se retirar:

 

- Esta linha tem das piasagens mais bonitas de Portugal

- Eu acho linda

- E vêem-se as coisas mais bonitas da zona

- Já vi. Estou ansiosa por chegar a Lisboa. É mesmo antiga?

- Bué. Olha, se olhares para cima vês a Ponte Sobre o Tejo. Há duas, mas esta é que tem este nome. A outra chama-se Vasco da Gama.

- É linda. Nunca vi nada assim. onde eu moro não há isos não!

- Pois...tem para ai 90 anos. É do tempo da ditadura aqui em Portugal. É bué antiga. Na altura um gajo mandou construir isto com escravos e tudo

- Mas é linda... compensou né?

- E se olhares para ali (estávamos a chegar a santos) vês um dos bairros mais antigos de Lisboa.

- É mesmo... quantos anos?

- 1000 para ai

- Você é muito inteligente. Quando falo com você percebe-se que estudou! Quando chegasmos aos Cais do Sodré?

- Tá quase. Depois vamos de metro aquele café do Fernando Pessoa. A Brasileira. É em homenagem aos brasileiros

 

Aqui eu tive que me levantar e sair da carruagem porque senão explodia a rir. Quando passaram por mim eu estava parado a rir. Acho que eles não percebram pois estavam a trocar pegajosos beijos.

 

 

 

 

publicado por Psyhawk às 00:03

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO