Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

03
Jun 07

Como é que se mede a distância entre duas pessoas?

Como percebemos que a perdemos?

Como descobrimos que ela já não nos pertence?

Serão os quilómetros que nos separam, ou as palavras que já acabaram?

Como descobrimos que o que havia não vai voltar? Que por muito que insistamos os sentimentos se evaporaram numa nuvem que partiu para outras paragens, por vezes demasiado longíquas para podermos ver a chuva que irá cair com elas?

É este inverno da amizade que não compreendo e que jamais vou perceber. É que a seguir ao Inverno deveria seguir-se a Primevera, e por vezes este Inverno é eterno.

 

publicado por Psyhawk às 11:00

5 comentários:
Gostei muito do teu post, acho que está muito bem escrito e que realmente diz tudo!
bjs*
sem_nome a 3 de Junho de 2007 às 11:49

Estamos muito profundos hoje ;)
Quando é que se percebe? quando quando estamos juntos e o que queremos é mesmo estar noutro sítio que não onde estamos?!?
P. Gira a 4 de Junho de 2007 às 01:03

As amizades ao contrário do que se pensa não são necessariamente para toda a vida. Algumas sobrevivem ao Inverno de que falas e ainda ficam mais fortes, outras nem por isso. Se calhar o melhor é permanecermos perto dos que nos fazem sentir bem e deixar os outros em stand by , até uma próxima oportunidade.
rocket woman a 4 de Junho de 2007 às 11:10

oi!não tentes entender o que não tem explicação, é desperdiçar energia,o que prevalece são os momentos de convivio entre as pessoas e não se a amizade é para sempre ou não,nem a logica das coisas ,jokas!
maz a 4 de Junho de 2007 às 14:46

Como te compreendo meu caro, como te compreendo...
Mulheka a 6 de Junho de 2007 às 10:35

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

20
23

24
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO