Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

19
Jun 07

 

O que fazer quando alguém diz não querer a nossa ajuda, mas na realidade precisar dela? Aceitamos a sua palavra ou intervimos? Atiramo-nos de cabeça ou badamerda com tudo!?

É nesta posição que me encontro.

A história é complicada e chata e por isso não me vou por para aqui a divagar.

Apenas quis desabafar. Deixar aqui  o que penso sobre estes produtos recriativos, que recentemente apanharam um amigo meu.

Infelizmente ele ainda não se consciêncializou do que aconteceu e vive no seu mundinho, semi autodestruido a caminho de um fim, que está longe, mas que temo será penoso. Gostava de o ajudar. Mostrar que estou cá... mas ele parece pouco disposto a ouvir. A ver que me preocupo, que apenas quero que volte a ser quem era, e que deixe esta loucura recente para trás.

Agarrá-lo não será possível. Prendê-lo é uam tarefa que a mim não me cabe. Ajudá-lo sim. Mas não sei se ele a quer. Se sabe que estou cá para tal.

Vi alguns vizinhos quase chegarem ao calvário graças a uma brincadeira com amigos, que rapidamente se transformou num vício fulminante.

Não quero que isso aconteça a alguém de quem gosto, por quem nutro uma amizade profunda. Se me ouves, se me lês, se ainda tens tempo, pensa. Eu...e todos os teus amigos estamos aqui, de braços abertos.

publicado por Psyhawk às 00:03
música: Love is the Only Drug- Ultra Nate

1 comentário:
É difícil, é sempre difícil; tanto para ele como para os amigos que o querem ajudar :((( , tens que ter força, e ser perseverante, tentar sempre e sempre até exaustão ... ou pedires ajuda a pessoas profissionais nessa área para que te possam orientar na ajuda que tenhas que dar ao teu amigo! Beijos e força lindo!
Sílvia a 19 de Junho de 2007 às 11:30

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15

20
23

24
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO