Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

02
Dez 07

A viagem pode não ter sido perfeita, pois basicamente incluiu trabalhar perto de 12 horas seguidas com longas esperas, mas mesmo assim posso considerá-la fabulosa. A razão: a companhia.

Muitas vezes quando vamos a trabalho a algum lado acabamos por viajar com as pessoas mais estranhas e chatas ao cimo da terra. É tipo uma praga por nos ausentarmos do pais. Mas não tive esse azar. Acho que em segundos houve um entendimento entre nós. O disparate tornou-se a moeda de troca entre todos, e o sorriso e as risadas o troco. Talvez por isso tenha surgido uma lista de idiotices que dissemos ao longo de cinco dias, e que tenhoa  certeza que irei aqui publicar assim que tiver hipotese. Garanto-vos que são tantas e tão parvas que ninguém vai acreditar.

Eram estes risos, as gargalhadas e boa disposição...e fotos, sim, muitas fotos...que nos fizeram aguentar as esperas sem fim que tivemos que aguentar enquando visitávamos o maior complexo do mundo (ok, talvez hollywood seja maior) a fazer trabalhos para televisão.

O projac, como nos foi contado tem 1,6 milhões de metros quadrados, a ponto de ter uma pequena floresta lá dentro. São estúdios sem fim e cidades  e ruas completamente fabricadas para fazer algumas cenas para novelas que meses depois espreitamos nas nossas televisões. Tudo fabuloso.

Nestas nossas andanças pelos estúdios conhecemos, claro está algumas das estrelas das novelas. E se algumas são um doce, como o senhor António Fagundes (Márcia quase que conseguiste que o tio Fagundes te desse o beijo de principe que tanto querias lol), e a humilde e lindíssima Grazia Massafera, também conhecemos algumas criaturas etranhíssimas, nomeadamente aquela que vai ficar na nossa memória para sempre: Susana Vieira.

A actriz que já conta com sessenta e poucos anos acha-se a rainha da cocada preta do "pedaço".

Ela põe e dispõe de quem quer e do que quer (viu-se cada fita). Depois de nos ter feito esperar mais de 30 minutos para ir retocar apenas os lábios surgiu espampanante como só ela sabe ser. Imediatamente colocou ordem naquela gente que por ali estava, ou seja nós!

"É uma colectiva?", perguntava, mais em jeito de afirmação. "Então cada um faz apenas uma pergunta...começa você", virou-se para mim meio desprevenido com aquela ar tão enlouquecido da loira espampanante.

As perguntas começaram com a actriz, hábil com os anos de experiência, a responder como bem queria e lhe apetecia, mas nunca fugindo a nenhum dos tópicos perguntados e até dando docinhos à imprensa portuguesa, como só alguém experiente sabe fazer.

Entretanto o nosso fotografo, o hábil Cristian, ia tirando uns apontamentos de imagem, até que subitamente a estrela saiu-se com a frase que ficou para a memória de todos nós durante os dias que andámos pelo Brasil...e que tenho a certeza que vai perdurar:

"Para! Para de tirar foto que me distrai", dizia autoritária. "Eu não consigo pensar com tanto flash na minha cara", continuava, para acabar com a frase clássica. "Eu só gosto de foto sexy, por isso para!" 

Digo-vos que esta frase foi usada tantas vezes com resultados tão brilhantes entre nós que, ainda agora que a escrevi, comecei a sorrir com o disparate da situação. Deus minha nossa senhora. Mas que diva!

Felizmente o resto dos actores são bem mais normais, ou pelo menos assim aparentam.

Aplausos para a SIC que sabe lidar tão bem como eles quando aparecem em Portugal, à minha queridissima Ana Barão, por nos ter aturado, por vezes loucos de risota, e sempre com a cabeça a funcionar, para coordenar tudo, e à menina que nos guiou pelo PROJAC, a bela e sempre simpática Roberta. Tu sim...tens que ter paciência de jó para aguentar esta gente.

publicado por Psyhawk às 12:08

Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
14
15

17
18
19
21

23
24
27
29

30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO