Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

21
Fev 08

Porque não quero ferir susceptibilidades,( e porque descobri há uns meses -e  não é par me gabar- que algumas caras conhecidas espreitam este blog, embora não saibam quem realmente escreve neste pasquim, mas já retaliaram contra a revistoca) e porque não me quero chatear muito, resolvi escrever isto como se fosse um espectador.

Sim, um daqueles que à noite se senta em frente À TV e chapa com qualquer merda que passa. Tipo uma gala...

Entre canções de embalar mortos, a manelita e as suas mil plásticas, piadas que não resultaram, e uma série de coisas sem nexo- como aquele momento do futebolês- só mesmo os que sofreram uma lobotomia ficaram ali a olhar para aquilo sem mudar de canal ao fim de cinco minutos.

Meu deus...15 anos depois ainda não se sabe fazer uma gala.

Mas porquê? Como? Haja paciência!

E depois claro...há o resto... o delicioso resto. Os amores desencontrados, os engates de terceira categoria, os que dizem que que não tem cara metade e aparecem com duas na mesma noite, as beldades nos seus trajes, as que andam de limusine sem terem como a pagar, os que querem praticar swing mas enganam a imprensa com trocas de casais num discoteca, os colegas que acham que são mais espertos que os outros, mas que bem se vão lixar... oh senhores... ah, galas, galas e depois há esta.

E nos próximos dias aqui estarão as historinhas maravilhosas que tanto sumo vão fazer correr...umas de boca em boca, outras em capas de revistas...

Para a próxima, se me deixarem, fico em casa. Prometo. Juro!

 

publicado por Psyhawk às 12:57

5 comentários:
Amiguito

Compreendo as tuas dores, mas acaso passou-te pela cabeça que pudesse ser diferente? Acaso pensaste que ias ver uma coisa de outro mundo?
A única gala que chegou a ser diferente, novidade, surpresa, foi a primeira, nos primordios da televisão. Hoje em dia, só podemos afirmar, com uma certeza fatal, que quem vê uma vê todas.

Só lamento que tenhas sido obrigado a bater com os costados na dita cuja. Eu cá, vi os primeiros cinco minutos, mas quando o meu cérebro mudou para estado vegetativo, também eu mudei para o segundo canal. Abençoado Dexter.

Tou contigo, baby!
Nini - The Marshmallow Girl a 21 de Fevereiro de 2008 às 15:16

Opá... eu, além de bocejos, não vi nada de especial! Até acabei a divertir-me com paparazzi pessoais e muito próprios de adolescentes, coisa que não se desculpa a uma pessoa quase com 30 anos. Mas a culpa é da TVI!!!
Vanita a 22 de Fevereiro de 2008 às 01:38

Pois realmente quando fiz zapping ainda vi uns pivots do Jornal Nacional a cantar ou melhor desafinar umas músicas atrozes, mas fiquei-me pelo Dexter. Uma série sobre um serial killer pareceu-me bem menos sangrenta.
rocket woman a 22 de Fevereiro de 2008 às 09:58

Gala? Que gala? Ainda bem que já deixei de ver os canais nacionais. Bendita TvCabo!

Bjinhos
Ana a 22 de Fevereiro de 2008 às 19:55

Trabalho a quanto obrigas LOL

Bjkas
P. Gira a 22 de Fevereiro de 2008 às 23:56

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
13
14
15

20
22
23

24
25
26
29


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO