Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

02
Jul 05

Como uma amiga minha disse: "Nunca vi tanta gente, que veio debaixo de uma pedra deste pais, para chegar a esta feira...é que está cada criatura por aqui". Disse-o enquanto olhava para um grupo de jovens adultos que provavelmente de moda nada percebiam, e que de pornografia se tinham tornado reis há muito...os clubes de video agradecem!


Seja como for, a primeira feira do género chegou a Portugal... e chegou em grande.


Milhares, milhões, até...quem sabe- porque não exagerar num ano em que os números mentem cada vez mais...veja-se o défice e outras coisas que tais- ...quiseram ver como se despe e se actua num filme pornográfico e as suas estrelas e estrelitas. E o que viram foi isso mesmo, numa enorme tenda, que mais parecia uma sex-shop em tamanho monstro- com espaço para filmes e tudo-  onde quem quis arriscar a sua sorte, pode mesmo fazer um casting para um próximo filme pornográfico, a passar em breve no ex-acessível a todos, canal 18!


E claro...houve quem fosse lá para fazer umas compras. Do filminho normal, ao anel do prazer, passando pelo latex, pelos vibradores de todas as formas e feitios, até á lingerie comestível...e claro houve quem se deliciasse com as meninas- nem todas belas formosas ou mesmo bem feitas- em sessões privadas...não de sexo, que isso, dizem eles não é permitido, mas de um show particular, aquilo que se designa por lap dance. Havia espaço para todos os gostos e feitios... ou quase.


E quem não sabia o que era um fetiche passou a saber...é que as sessões, que aconteciam de hora a hora, e que decorriam numa sala diferente, onde não eram, diziam eles, permitidas fotografias profissionais...apenas dos telemóveis... ficou a saber, pois cada vez que um espectáculo era anunciado, o espaço, já de si diminuto, tornava-se mínimo... era mesmo possível magoar alguém se se deixasse cair uma agulha do teto, pois não havia espaço nem para o oxigénio.


Seja como for, os parabêns à organização...


Só fica aqui uam pergunta...que espero que não me levem a mal... Porque raio a indústria portuguesa estava ausente? Eu sei que somos tímidos e que não há propriamente estrelas portuguesas, mas porque é que o raio todos os apresentadores eram espanhóis ou ingleses???????... Até as meninas das lojas, e que não tinham autorização para se despir falavam pouco ou nenhum dialecto português...entre o crioulo e o brasileiro... mas português de Porttugal era difícil ver alguém ...


... excepto talvez a senhora que estava a vender bebidas e que evitava olhar para a exibição de strip tease e sexo ao vivo, lésbico ou hetero (simulado dizem) que se passava ali a uns 3 metros de distância!


A próxima feira é já para o ano.


Vá toca a descarregar as máquinas fotográficas, que finalmente viram o cartão que compraram há mais de 6 meses, sem saber muito pbem para quê, esgotar o espaço que nunca tinham conseguido encher em outras ocaisões familiares.


Vamos ver, é se para o ano não temos Alexandre Frota! Não há mesmo pachorra!


 


 

publicado por Psyhawk às 23:20

Julho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
16

18
20

24
26
29
30



mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO