Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

19
Dez 04

ultimate_cover_150x150.jpg


Quando em 1988, I Should Be So Lucky chegou às rádios, poucos foram aqueles que deram algum crédito, ou mais de 15 minutos de vida a Kylie Minogue, uma australiana que chegava às rádios vinda da mais famosa e longa soap opera vinda do outro lado do mundo


. Já lá vão 16 anos. E este Ultimate Kylie é uma colectânea perfeita dos seus melhores sucessos ao longo desse tempo. Canções ridiculamente e fantasticamente Pop, como poucos sabem fazer.


Para aqueles que há quase duas décadas duvidavam que esta menina, agora já na casa dos 30, chegasse a um lado, devem estar a roer as unhas de inveja e com a cara a doer desta estalada de luva de pelica. Especialmente quando percebem que canções como Better the Devil You Know, I Wouldn't Change a Thing, Hand on Your Heart, Can't Get You Out of My Head, In Your Eyes, Spinning Around, On a Night LIke THis, Especialy For You (com o defunto Jason Danovan) e até os recentes Giving You Up e I Believe in You são obras de arte Pop como poucos outros sabem fazer.


Kylie pode não ser a cantora do milénio, e não o é. Isso é facilmente reconhecível. Mas sabe aproveitar bem o que tem e reunir-se com as pessoas correctas que lhe dão aquele ar "divesco" que poucas cantoras conseguem. E se há quase 20 anos anos mereceu a chacota da crítica, hoje em dia, com a excepção de um ou outro empedrenido, recebe aplusos por cada single que lança.


Pop is no Longer a Dirty Word... palavras que se aplicam perfeitamente a este CD , que o Utimate Pop.


Não há melhor prendinha no sapatinho.

publicado por Psyhawk às 09:58

1 comentário:
Sabes que concordo plenamente contigo. Não é propriamente música erudita, mas para ginasticar ou para simplesmente animar não há realmente melhor.mandras
</a>
(mailto:mandras@iol.pt)
Anónimo a 20 de Dezembro de 2004 às 21:42