Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

09
Jun 04
Sugar5.jpg


Quem as conhecia? Muito pouca gente... com execpeção de uma música ou outra que a CIdade FM não se cansa de passar nos últimos dois meses. Seja como for deram um espectáculo onde não há nada a apontar. E cantaram todos os hits, que para quem não sabe consistem de uma mão cheia de números um e mais outra de top tens. Nada mau para uma desconhecidas.

Elas brincaram com o público, dançaram, disseram-nos adeus e até nos chamaram apetitosos e puseram toda a energia num espectáculo que tinha pouco a oferecer, já que não as deixaram quase alterar o palco que ficou assim despido de explosões, cores ou focos especiais. Mesmo assim elas deixaram todo o seu mel para um público que viam pela primeira vez e que as saboreava também nesta única performance. Que por isso mesmo nas três últimas músicas se entregou de alma e coração- quase me pondo sem respirar tal era a poeira que se levantava com cada pulo- a cada uma das músicas...são lindos o Hole in the Head e o Round Round ao vivo!!!!!!!!

Não levam o dez, nem sequer o nove...mas o apetecível oito em dez não lhes escapa, pois com tão poucos meios fizeram da simplicidade uma forma de estar. Simplesmente babes!


publicado por Psyhawk às 22:43

Chama-se Nuno Norte!
E fez uma proeza: cantou para a maior multidão que alguma vez vai conseguir encarar!
Quanto ao espectáculo: tens muito que caminhar!
Não adianta vencer os Idolos. Há que juntar-se a eles. E naquele momento ele continuou a ser apenas um aprendiz! Um novato sem feitiços, coelhos na cartola ou truques de última hora. Fez o que tinha a fazer e valeu-lhe um público à portuguesa: complacente e que lhe deu palmas suficientes para o fazer crer que as merecia.

Mas por momentos a chama brotou dele. Foi pequena mas mostrou que o futuro pode-lhe bater à porta mais depressa se ele souber gerir aquela fagulha. A música chama-se "Quem sou?", um apelo ao hip hop engraçado, com uma letra bem esgalhada que levou rapidamente à participação do público que o agraciou com coros e palmas.

Um momentos único que infelizmente foi trucidado por outro: uma versão rameira de Purple Rain! Qualquer pessoa que cantasse aquela música devia ser atirada contra a parede caso a intrepertasse como um momento de Karaoke.

Para se fazer aos clássicos este Nunito ainda tem muuuuuuuuuuuuuuuuuito que caminhar.
publicado por Psyhawk às 22:26

Conheci a Britney e entrevistei-a... ehhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
Um orgulho profissional!

Adorei a entrevista a nível pessoal. Isto apesar da organização me ter dado 25 items que não lhe podia perguntar! Mas nada que não se conseguisse torcer. A entrevista foi adiada três vezes, até umas horinhas antes do Rock.

Sobre ela posso dizer que não é nada gorda como já para ai vi escrito. Meninas posso dizer que se ela é gorda há para ai muito boa a gente a rebolar. Não se esqueçam dos 7 kg dos écrans.

Se foi simpática? Sim, profissionalmente. Não era minha amiga mas sorriu, disse piadas e foi aquilo que eu esperava de uma artista internacional daquele gabarito: Profissional e com ataques de diva normais nestas pessoas- odiou o divã onde ia dar a entrevista e mandou-o trocar imediatamente caso contrário não faria a coisa. Mas não foi idiota, estúpida ou outras coisas que muitos jornalistas já para ai escreveram, certamente com muita razão!

Foi profissional.
E não é isso que se quer durante 25 minutos. Claro!
Caros artistas nacionais: APRENDAM!

Do concerto...bem...vão ter que ler mais à frente.
Só tenho pena de não ter fotos.
buáaaaaaaaaaaaa

Fica para a próxima!
publicado por Psyhawk às 22:15

Ao contrário de todos os cartazes que por ai ainda há espalhados com o Slogan, "Eu Vou"...eu tenho um muito melhor: "Eu Fui". Fui, vi...e acreditem...não venci! Pelos vistos de César tenho muito pouco.

Mas o que foi o RIR (como já vi muita gente para ai escrever):
1- Um caos de organização
2- O descalábro com toneladas de pó levantada que chegava à Expo
3- Alinhamentos ultradeficientes- desde quando é que a Daniela Mercury ou um Pedro Abrunhosa fecham um espectáculo? E desde quando os Jet (quem?) são mais importantes que os Xutos?- tenho a sensação que com esta afirmação, última, pus algumas pessoas a sorrir!
4- Porque é que a tenda VIP ficava no local menos VIP do recinto?
5- Desde quando é que são brasilieros que ficam á frente das relações públicas num festival em Portugal quando passam o tempo todo a dizer oi por não perceberem peva- ou assim tentam- do que dizemos

Em média
2/10
Lamento

Pior...
Não me venham dizer que foi ultrarentável... só se foi em publicidade porque para conseguir um bilhete bastava ligar para o "As 2 por 3" e dizer que o último nome da Britney que era Spears ou que a banda portuguesa no concerto que começava por X se chamavam Xutos e Pontapés.
poupem-me

Sei de fonte bem relacionada que se venderam apenas 180 mil bilhetes
Tudo o resto foi dado à mão beijada... no último dia até à porta...tudo para terem um dia com pelo menos 90 mil pessoas!

Em 2006 está de volta...
Nas mesmas condições...só tenho a dizer: lamento!

Se houver mais condições- todas dadas certamente ao Euro- ok!
Fico á espera
sentado!




publicado por Psyhawk às 22:09

Junho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

14
17
18
19

21
24
25
26

28


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO