Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

05
Out 04
celebridades2.jpg

Começou o concurso mais esperado deste ano. Não interessa o que se diga aos amigos para mostrar o quão culto se é, porque no passado domingo este mundo e o outro viu a Quinta mais vigiada do país!
Doze famosos, ou pseudo famosos- afinal quem é o Pedro Ramos & Ramos?- juntos sem as mínimas condições de habitabilidade, tal como se tivessem nascido em 1900. De rir. De chorar a rir. O chuveiro e a casa de banho vão certamente proporcionar grandes gargalhadas.

O mundo inteiro junta-se em frente ao televisor para ver as loucuras da bicha louca de nome José Castelo Branco e as suas botas de griffe e cuequinhas fio dental, o recheio dos sutiãns de Fátima Preto e Mónica...e até da tia Cinha que os foi aumentar de propósito para entrar na Quinta. E claro toda a gente está á espera que menina das Núticias mostre afinal aquilo porque sempre foi conhecida na SIC... pelas sua splavras é que não é!

Estar nos bastidores é sem dúvida ainda melhor.
Ver os mais de 200 convidados do Avelino Ferreira Torres que tal como faziam os apoiantes da pimbona e burra Tatiana do BB4, vêem em excursão de Marco de Canavezes à Venda do Pinheiro com sanfonas, burros e tambores.
A Tosquita da irmã gémea da Paula Coelho que não tem eira nem beira e que consegue dizer coisas tão interessantes como um tijolo mal feito
O ar de satisfação de Pimpinha Jardim que já está a planear 300 festas loucas cheias de coca, muito álcool e muito gajo acima dos 30 anos lá em casa enquanto a mamã Cinha está fechada na Quinta.
A inveja do Herman que apesar de há muito ser considerado já um encosto na SIC ainda continua a deitar bitaites rídiculos cá para for a ver se alguém se interessa.
O desinteressante Perdo Camilo que não sabe comportar-se em frente às camaras de televisão e que se não for o primeiro expulso deve ser o segundo, porque não há cú que aguente tanta chatisse junta.
E claro...a boa disposição de alguém que não tem nada a perder e que até pode recrutar algumas meninas para os seus filmes hardcore, o rapagão abrutalhado Alexandre Frota.

Seja o que for vai ser rir a bom rir.
Garanto que não se vão arrepender de ver este programa.
Especialmente se houver mais reportagens do marido da Rueff... ao fim de 5 minutos de emissão já toda a gente tinha esquecido o chato e gago Pedro Miguel Ramos. Aquilo sim é que é fazer televisão.

Agpora é só esperar pelos resumos diários. Quem viu pontem já descobririu que o Castelo branco nunca se cala, que a casa de banmho tem visitantes vários com várias pernas e que trabalhar na horta para esta gente é coisa que nunca tinham pensado.
publicado por Psyhawk às 11:34

Não é preciso ser nenhum génio quando se chega á conclusão que quem atende às mesas raramente gosta do que faz. Aquilo é apenas um biscate, um part time, ou um intervalo entre algo bom e uma coisa melhor. Ninguém também o nega que é um trabalho chato... porque atender pessoas, cada uma com os seus gostos e manias muito individuais não é de todo fácil. E as horas...horas e horas de pé, a andar de um lado para o outro...enfim. Como vêem não há muita coisa boa. No entanto há quem diga que esta é uma excelente forma de engate...não sei, nunca experimentei.


O que eu sei é que ser atendido pro alguém no Cup & Cino é normalmente uma verdadeira luta. Para quem não sabe o que é isto, é um  franchising de um café/bar com muito estilo, boa música- por vezes um bocadito alta- e com gente interessante... normalmente.


Só tem um senão: quem atende ás mesas. Ou então eu tenho muito azar.


Passo assim a contar os loucos que trabalham nestes locais segundo a localização na cidade.


1- Marquês do Pombal: um brasileiro com memória de peixe, que raramente trás o que lhe é pedido e que por vezes chega a aparecer na mesa com coisas das quais não temos a menor noção para quem são. Év verdade que é simpático, mas isso não chega! Ou então um psicopata, que até pega nos nosso pertences, se for um livro até lê a contra capa, faz observações sobre tudo e todos, e tem aquele olhar que só se vê nos filmes quando o assassino está pronto para matar a vítima.


2- Telheiras: Já se sentiram os homens ou mulheres invisíveis? Não? Vão a este Cup & Cino. Percebem logo o que quero dizer. Mesmo que sejam o único cliente no espaço ninguém, mas mesmo ninguém vos vai ligar nenhuma. E quando vão à mesa, depois de 15 minutos de esbracejamentos, chegam até a suspirar.


3- Saldanha: Não é o pior, mas tem um personagem muito estranho que acha que somos porcos de engorda. Cada vez que acabamos o pedido diz: Só? Não quer mesmo mais nada? Veja lá? E quando pedimos a conta o mesmo... não entendo este interesse desmesurado em fazer de nós animais de engorda


. 4- Parque das Nações: A louca. Ela rir, pula, dança, mete-se com toda a gente e depois...não trás o pedido. É assim simples. Um charme diferente,que inicialmente se acha piada, mas que depois de 1 hora já não é tão engraçado assim. Há claro também a hipótese de o registar e ele nunca chegar à mesa e quando ao fim de 30/40 minutos reclamamos tentando perceber o que aconteceu, da gerência, com ar indignado nos dizem que o pedido só foi feito à 5 ou 6 minutos e que não percebem porque estamos a reclamar... não há mesmo paciência.


Sim...então porque é que continuo a ir lá. Não sei,. Boa pergunta. Mas como o sítio é engraçado, a comida é boa... é melhor do que metade dos cafés de Lisboa...Salvo claro, o belo do atendimento.

publicado por Psyhawk às 11:15

Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14
15

17
18
19
21

27
28



subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO