Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

14
Jun 05
nevergone.jpg

É com uma velocidade menor, com mais baladas e menos coreografias, que uma das bandas mais populares dos anos 90, os Backstreet Boys, regressa às rádios internacionais e ás tabelas de vendas em toda a força. Never Gone prova que afinal os raparinhos até tem jeito pra o negócio, sabem cantar e souberam avançar com o tempo. As produções delicodoces de Mx martin ainda aparecem, mas a ela foi-lhes dado o toque de midas de gente que percebeu que o som de agora é a música rock. Para já e para primeira audição nada como dar atenção ao singles Incomplete; Crawling Back To You; I Still; Poster Girl; Safest Place To Hide e Never Gone.
Veremos no que vai dar este regresso!
publicado por Psyhawk às 20:35

Estive fora do mundo...perdido no paraíso, no meio de amigos, entre festas, boa conversa e acima de tudo muito companheirismo. Foi apenas um fim de semana muito alargado. Um que parece ter transformado a forma de pensar e agir de muitos Lisboetas, que sempre viveram em relativa segurança e agora tremem de medo...

Tudo começou numa tarde de Sábado.
O calor arrastava para as praias milhares de portugueses à espera de pôr o bronze em dia e quem sabe, com um pouco de sorte dar até um mergulhinho na água, caso as temperaturas aquáticas assim o permitissem.
Uma tarde que se revelou uma tragédia na praia de Carcavelos. O que parecia mais um desacato- normal há mais de 10 anos mas que ainda não teve resolução, pois é na praia que os diversos gangs da zona se gostam de degladiar- transformou-se numa onda de assaltados feitos em massa. Perto de 500 jovens, entre os 12 e os 22 anos, tal qual um tsunami, assaltaram, roubaram, pilharam, mutilaram e fizeram o que quiseram a uma praia que até então estava aquecida apenas pelo sol.

Um arrastão que gerou pânico, atropelamentos em massa, pisoteamentos e acima de tudo muito pânico. Um medo quase histérico.... aproveitado pelos gatunos para deitarem mão a tudo.

Depois de um ano de 2004 quase ridiculamente seguro- afinal não se podiam desiludir os turistas que vinham ao nosso pais para ver mais um joguito de futebol- 2005 salda-se em apenas 5 dias, por um dos anos mais inseguros de sempre.
Simplesmente porque a polícia, que há muito sabe do perigo que é aquela praia, de 500 apanhou apenas 2! Dois míseros ladrões, um deles, com menos de 15 anos, o que quer dizer que alguma shoras depois estava cá fora pronto para repetir a façanha que tanto gozo lhe tinha dado. Tudo porque a nossas leis ditam que até aos 16 as pessoas não pensam...apenas agem. Coisas de crianças estão a ver...

Tudo não teria passado de um caso isolado, sem mais incidentes se as coisas não se tivessem voltado a repetir já mais 4 vezes.
Na tarde seguinte a praia da Quarteira, no Algarve foi sublevada por 10 rapazitos que tentaram a sorte, numa tentativa de repetir o efeito causado em Carcavelos...felizmente, sem ela, já que a polícia- que por causa dos turistas parecem estar em todo o aldo- e alguns turistas alemães e holandeses, de estatura ligeiramente elevada, deram contam do recado
O dia 13 teve direito a mais 3 eventos. Primeiro pela manhã em Moscavide, onde 10 lojas sofreram assaltos em massa depois do meio dia; seguiu-se um ataque no comboio que levava os passageiros incautos do Cacém para Lisboa; e ainda no castelo de S.Jorge, mas felizmente sem grandes confusões e todos os meliantes apanhados, embora mais uam vez, e devido à sua idade reduzida, já cá andem fora a pensar noq ue fazer de seguida...

Mas afinal o que se passa?
Teremos deixado de importar apenas a irritante música brasileira para passarmos também a importar o crime generalizado que aquela terra é rica em fazer nascer?
E porque raio não há prisões? Porque são menores? Isso é desculpa? Mas são menores porque tem menos de 16 anos ou porque a nossa lei ainda não percebeu que menor neste caso é coisa que não se aplica?

O que sei é que, num pais onde o racismo consegue explodir de forma quase dinamitica, estamos prestes a ver as coisas chegarem rapidamente ao ponto rebuçado...

É que para quem viu as imagens de todos os assaltos, o que se viu foi uma onda negra, de portugueses que o odeiam ser- embora como uma amiga minha minha diz, não durassem mais de 5 minutos em África se para lá voltassem, para a terra que dizem tanto amar, mas que nunca viram excepto em fotografias- fazer trinta por uma linha a pessoas incautas á espera da chegada das férias... resultado: cada vez que agora se vê mais de 4 negros juntos as pessoas tremem.

Não será por racismo, mas porque na realidade foram negros que fizeram o mal. Se fossem brancos o medo seria o mesmo. Só que a cor agora faz a diferença e não vão tardar os grupos radicais a porem as suas ideiais em prática.

Por isso, não seria mais inteligente do nosso governo, deitar a tal lei dos 16 anos para o lixo e começar a actuar conforme o crime? Tudo para evitar que as coisas vão mais longe.

Hoje enquanto lia um jornal, um senhor, que pediu para não se identificar, e que diz regularmente andar de comboio depois das 10 da noite, já disse estar preparadpo para o que der e vier...tem uma arma que não hesitará em usar caso seja molestado. Uma outra senhora comprou 4 latas de spray de pimenta... será que o nosso governo prefere que voltemos ao farwest ou irá tomar medidas?

Temo que o mês de Junho, quente como está venha a trazer mais que incêndios, insolações e uns sustos na água...

sei que agora anda tudo preocupado com o enterro do senhor Álvaro Cunhal...mas no meio das es´quias não haverá tempo de por um plano prático em acção?
publicado por Psyhawk às 12:46

09
Jun 05
Falta tão pouquinho... estou a contar os minutitos...
yeahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh
publicado por Psyhawk às 13:18

07
Jun 05
Faltam apenas dois dias para ir de férias.

Sei que disse isto há mais ou menos um ano, que estava exausto, que não conseguia aguentar mais, etc, etc e tal... mas a verdade é que mais uma vez é assim que me sinto. Mas desta vez há algo mais. Uma certa tristeza, que tem pairado de forma lugubre sobre mim. Uma espécie de sombra negra que não ajuda, nem nos dias mais felizes, a que um sorriso seja mesmo sincero.
Já disse a mim mesmo que é do cansaço, mas será mesmo? Tenho me sentido desiludido com a vida. Parece que nada resulta como deve ser por mais que uma pessoa lute. Mesmo quando me dizem, então tens de lutar mais... porque até já o fiz...já fui longe demais.

Não, isto não é uma carta de suicídio. Longe disso, pois prezo muito bem a minha vidinha para fazer um acto cobarde desses, mas precisava que o sol brilhasse um pouco mais na minha vida. Embora com um calor como este esteja a pedir lenha é para me queimar!Mas preciso de vê-lo dar-me força, mais ainda do que se calhar tem dado...eu sei que ando a pedir demais e que até tenho tido muita sorte, mas o pior é que sinto que não basta...
E gostava tanto que bastasse...

Mas não pensem que sou de cruzar os braços... por mais negra que a situação seja tento sempre dar-lhe uma cor, quer seja com uma boa gargalhada ou com alguma boa música!
A ver vamos oq ue as férias vão trazer...
O euromilhões era bom, mas não sou assim de tanta sorte!
publicado por Psyhawk às 21:00

06
Jun 05
O problema dos nosso serviços públicos normalmente é sempe o mesmo.... sei que vou dizer uma coisa já mais que estafada, mas a verdade é que é assim mesmo. E não falo só dos serviços públicos. Mas de quem atende o público... são pessoas que realmente não percebem mesmo o que andam a fazer... ou melhor ainda, sabem, mas estão-se a borrifar e nem querem saber.
Cada vez mais penso que a chegada dos brasileiros acabou por ajudar alguma coisa, já que estes ao contrário da maioria dos portugas atendem sempre, num café, nua repartição de finanças, numa loja, aconteça o que acontecer, sempre com um sorriso na cara que só nos faz desejar lá voltar. Ou já viram alguma português atender-vos sem ser com um grande ar de frete... ou então ignorar-vos horas a fio, olhando o horizonte, mesmo que estejam a acenar na frente dele um lenço vermelho?
Chego á conclusão (muito triste) que não tenho paciência para esse tipo de pessoas, o que me obriga, na maioria dos casos a ser malcriado! Porque escolheram fazer aquilo se não gostam de lá estar?
Sei que a nossa taxa de desemprego não permite aventuras no que desejamos e sim aceitar tudo o que há... mas nós, pobres clientes não temos culpa nenhuma ok?????! E quanto mais mal nos tratarem, pior somos, mais queixas fazemos, mais despedimentos há, mais chateados vocês andam! Porque não ser simplesmente cortezes. Já nem peço alegria desmedida, mas pelo menos tirem algum gozo da coisa e acabem com este ciclo vicioso!
publicado por Psyhawk às 21:35

03
Jun 05
O que leva uma pessoa ao histerismo?
É uma interrogação que me ponho quase todos os dias...
Porque é que as pessoas em vez da simples conversa gostam mais de dar dois berros, ficar irritadas e acima de tudo pôr os outros de nervos em franja? É uma boa questão que penso que ninguém terá resposta, pois todos nós já pecámos...eventualmente. Uns mais...outros menos! mas o grito nun levará a lado nenhum! Disso já nem preciso ter a certeza...
publicado por Psyhawk às 12:23

02
Jun 05
Temo estar a deixar de acreditar na minha profissão...
Não concordo com metade do que faço, não percebo as razões de algumas coisas. É como se estivesse a perder a fé numa religião.
Como arranjar salvação?
publicado por Psyhawk às 13:23

Para que serve este objecto comprado com tanto apreço e que dizem servir para comunicar com o mundo? Para transmitir algo não é? Óptimo! ainda bem que todos concordamos... porque descobri que deixar uam mensagem no aparelho das pessoas é o mesmoq ue nada...
ou as pessoas esqueceram-se que a caixa de correio é algo important de verificar?
Ou só o tem porque é giro dizer...tenho um telemóvel?
Confesso que são pessoas que me fazem pensar para que raio lhes deram esta coisa!
publicado por Psyhawk às 09:16

Junho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO