Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

23
Mai 06

Não falo aqui de nenhuma obra de arte, nem de uma grande surpresa para quem gosta de thrillers. Mas a verdade que o filme de baixo orçamento Half Light (que nos EUA passou logo para video) não é assim tão mau e tem uns twist e turns bem engraçados. Também há sustos para quem gosta dessas coisas. E boas interpretações, para quem também vai à procura de algo inteligente. Sem ser perfeita esta peliculazita, com a ainda bela Demi Moore, é um achado no meio de tanta miséria que anda para ai nos cinemas.

Já agora não olhem para trás....

publicado por Psyhawk às 00:39

Estou triste como a noite

Começou a tourné da madonna, em Los Angeles, chocabte como nunca e eu não vou ter a oportubidade de lhe por um olhinho em cima...excepto em DVD. Eu bem peço para que a moça venha cá, mas depois de a ter visto uam vez, na Re-Invention tour era sorte demais que repetisse a dose. Mas porque não custa nada...aqui fica uma foto

buáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

publicado por Psyhawk às 00:34

21
Mai 06

Boa companhia, um bom local de conversa, e um restaurante diferente para mim são receitas para uma boa noite. Se depois houver festa  melhor.

Este fim de semana resolvi ir, juntamente com a Miss Dior e o Metro, e uma amiga dos dois a um restaurante russo. Não era a primeira vez, mas confesso que na anterior, o meu mau humor havia imperado sobre o sabor da refeição. Mas esqueçamos isso. Desta vez a coisa ia bem. Muita conversa, vodka em doses aconselháveis e muita risota. Para quem não conhece o tapadinhas (eu tb não conhecia) fica na estrada que vai para a Ajuda, por baixo da ponte, onde antigamente ficavam estacionados os carros da polícia. Estão a ver? Óptimo. A comida é muito boa, o ambiente, embora barulhento é típico e acolhedor, e os empregados até funcionam bastante bem...tendo em atenção que não falta para ai é mau atendedor de mesa...

Estes são bons, porque talvez sejam russos.

Quanto ao vodka. É forte para caramba! E confesso que embora tenha estado bem toda a noite, quando me deitei, por volta das quatro tinha a cabeça à roda. Tive que me concentrar para parar de ver carrosseis. Acho que o Mojito num bar de Alcântara também ajudou.

Se quiserem uma experiência diferente, aconselho o Frago Kiev ou o Lobo de Porco...para os radicais a carne crua. É diferente e apela ao nosso instinto carnivoro.  grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr

publicado por Psyhawk às 14:23
sinto-me:

Não sei o que se passa com muitos dos jovenzitos de hoje, que se atiram para uma relação, como se fosse a última hipótese de serem felizes. Fazem tudo uns pelos outros até ao extremo. E é nessa radicalidade que assenta, ao fim de uns meses, a força de junção daquelas duas pessoas. Não é o amor, a paixão ou amizade, é o medo da solidão...solidão perguntam vocês? Eu explico.... É que estes casais que na realidade já enterraram até mais não o que os unia, apenas não se separam porquem temem de morte estarem sós. Sendo assim fazem-se sofrer dia após dia, como se isso fizesse parte do contrato que assinaram no dia que se juntaram. Insultam-se, exigem coisas extremas, e transformam-se ou anulam-se conforme a relação apenas para ver se a coisa pode resultar com mais uns pozinhosd e perlim pim pim, falsos claro! Querem de lá sair mas não se atrevem. Culpam o amor, a paixão, mas na realidade o único medo é mesmo a solidão que os espera...ainda que esta seja melhor do que estar junto de alguém de quem já não se gosta. É uma coisa estranha, mas basta olharem para o vosso amigo do lado...verão que se não for ele, outro alguém vive uma coisa semelhante. Relação aposentada há meses, mas que se mantém, sem fulgor e sem paixão, mas que marina no meio de exigência, crueldades e gritos...porque afinal, é preferível a dois infeliz, do que só!

Isto não quer dizer que não hajam para ai uma centena de milhar de boas relções, que assentam no amor saudável, mas a verdade é que cada vez mais, vejo gente a fugir de estar só como se fugissem da cruz. Preferem a infelicidade juntos do que a felicidade só. Enfim...

Um tornou-se um número muito infeliz

 

publicado por Psyhawk às 14:13

20
Mai 06

 

Quem gostou do livro vai adorar o filme. O espírito é exactamente o mesmo, a tensão mantém-se até ao fim. Excelentes interpretações de Tom Hanks, Jean Reno e Paul Bettany. A francesa precisa de mais umas aulinhas mas até vai bem. Não há palavras!

publicado por Psyhawk às 11:44

19
Mai 06

Há dias que não vale a pena

Estou com tanto sono

publicado por Psyhawk às 16:43

Durante anos a fio sempre me tentaram convencer a ir de férias para o Brasil. Nunca me convenceram. Não me interessavam aquelas belas paisagens, a simpatia do pais, quando tememos pela nossa vida a cada esquina que passamos.

O que se passou em São Paulo ao longo desta semana prova que o Brasil, não aspira a ser um pais industrializado e civilizado, mas sim a ser mais uma nação bárbara onde impera o olho por olho, dente por dente... e onde a lei do mais forte é que vigora, acima de tudo o resto. Mata-se por matar.

E só não vê quem não quer.

 Quem já falou com qualquer brasileiro emigrado em Portugal (cada vez são mais) já ouvi histórias mil de falcatruas, que até o mais honesto cometeu... só assim se consegue sobreviver num pais miserável como aquele, onde os políticos, a polícia e até a igreja são mais corruptos que os  ladrões. Qualquer um já sobornou um polícia para não apanhar uma multa, roubou isto ou aquilo porque nunca tinha tido, espancou este ou aquele por uma razão competamente ridícula.

O certo é que aquele pais necessita rapidamente de um dilúvio. Precisa ser lavado, enxaguado e esticado, para que see cabe de uma vez por todas com imagens como as que se viram esta semana. Desde quando é que os presos tem mais poderes que o resto da populção de um pais? Desde quando se permite a um "matador" governar uma cidade? Só ni Brasil

Não é já tempo de fazerem alguam coisa e deixarem de viver num pais de 5 mundo? 

publicado por Psyhawk às 14:26

17
Mai 06
Your Theme Song is Born to Be Wild by Steppenwolf
"I like smoke and lightning
Heavy metal thunder
Racin' with the wind
And the feelin' that I'm under"

A total independent spirit, you can't be held down or fenced in.
You crave the feeling of wind on your face... and totally freedom.
publicado por Psyhawk às 18:14

É hoje

É hoje

É Hoje

Será que consigo le ticket???????????????????????

publicado por Psyhawk às 16:41

Não tenho colocado quaisquer post neste blog (hoje é excepção) pois o computador está a arranjar. Uma tristeza. Prometo que se puider vou fazendo aqui umas coisas
publicado por Psyhawk às 10:20

Maio 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9

14
15
16
18

22
24
25
26
27



subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO