Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

18
Jul 06

Este ano os alunos do 9º ano esmeraram-se nas suas composições. Eis algumas das pérolas encontradas:

"...o problema ainda é maior se tratando da camada do Diozoni"- Quem pergounto eu? Falamos de algum jogador de futebol????

"Na época de Cristo não haviam hindustrias para poluir e assim mesmo háviam problemas sociais entre os povos"- problemas derivados das bácoras...só pode!

"No paiz enque vivermos os problemas cerrevelam..."- What????

"O que é de interesse de todos nem sempre interessa a ninguém"- em resumo, não sabes oq ue dizer e enches uma prova cheia de nadas. Bravo! Chegas à faculdade dentro de 10 anos! Ou não!

"A natureza foi discuberta pelos homens àh 500 anos atrás"- Foi descoberta proque antes não existia...apareceu do nada...puff. Apareceu o Colombo e pimba!

"O problema da floresta é o desmatamento dos peixes"- O que as árvores já fazem para não as descobrirem. Qualquer dia temos arbustos a mascarar-se de coelhos....

publicado por Psyhawk às 12:22

17
Jul 06
Definitivamente este passou a ser o espaço dedicado a esta minha maleita que nunca mais acaba. Curada uma pata, eis que a outra começa a entrar em ebulição. Desta vez não há mezinhas, comprimidos ou pequenos pedaços de tecido a removerem o que quer que seja que inflamou o meu pé. Agora é direito para a fisioterapia. God!
publicado por Psyhawk às 21:10

16
Jul 06

Não há ser mais deficiente que este rapaz. Não há e cada vez tenho mais a certeza.

Então não é que o gajo, num evento público, onde ele vai ser uma das estrelas quer proibidr a comunicação social de lhe tirar fotos???? Não há pachorra. Ainda para mais quando o próprio tinha promovido o evento! Fez um escaracéu tão grande que parecia que o estavam a comer vivo. Ele nunca foi simpático, nem nada que o valha, mas chegar a este ponto... até chamou os organizadores do evento de pilantras e coisas do género. Á frente de toda a gente.

Quem estava ali ao pé pensava que até o tinham assaltado. Coitados dos colegas que até pediram desculpa pelo comportamento de rapaz! É que os outros pelos vistos estão mais acostumados á coisa...

Haja pachorra

publicado por Psyhawk às 21:55

Realmente mudei de revista mas o lema continua mais ou menos o mesmo. Apenas com mais gusto!

Este fim de semana fui para o Algarve. Não em lazer, mas em trabalho, para mais uma mega festa Morangos com Açúcar- aqui é preciso relembrar que na sexta tive outra com o mesmo tema.

E tudo poderia ter corrido bem (no fds) se não fosse o hotel onde ficámos, que digamos levemente, era uma absoluta miséria. Nisso realmente o outro sítio onde trabalhava fornecia umas coisas boas. Mas desta vez fui ao gosto do organizador do evento e lá fui parar ao afamado, Afonso III, em Faro. Digo-vos que o quarto que me calhou além de ser mínimo cheirava a canos. Confesso que gastei uma boa maquia do meu Jean Paul a pôr aquilo perfumado.

Mas o pior estava para vir... Depois da confusão do check in (o homem que lá estava não tinha registos nenhuns que chegávamos naquele dia porque tinha apagado o papel onde tinha isso escrito), chegou a hora da partida. Iamos nós a "basar" do local quando nos dizem que temos que pagar a conta....ao contrário do que estava programado com o organizador do evento. Tentei ser razoável com a senhora dizendo que estávamos ali a pedido de um certo senhor (não vale a pena mencionar o nome, mas vou passá-lo a chamá-lo de P), e que ele tinha tratado tudo com a gerência. A senhora disse que ninguém sabia de nada, que não nos deixava sair, depois telefonou para o gerente que não sabia de nada...uma confusão. Duas horas depois do previsto apareceu o P. Afinal estava já tudo tratado há dois dias, pago há outros tantos...e a mulher, uma burra arrogante e lamento dizer, típica alrgavia, sem perceber um corno da coisa. Tudo porque naquela terra ainda se trata tudo com papelinhos e post it s e nada em computador. Valha-me nossa senhora. Pior o gerente, um matarrão da terra que só dizia: daqui ninguém sai sem pagar.

Agora está a contas com a Deco (foi uma reclamação para lá), para a Cãmara do Algarve (outra para lá) e com a junta de turismo do Algarve (foi também preenchida uma reclamação que lá vai dar)...realmente P tem bons contactos! Acho que brevemente aquele hotel vai dizer bye bye a Faro!

publicado por Psyhawk às 21:44

14
Jul 06

É estranho ter convivido durante quatro anos intensamente com uma pessoa e depois passar por ela no metro, quatro anos depois de nos termos visto pela última vez, estarmos ambos iguais, eu falar e a pessoa olhar para mim com desdém. Como se nem me conhecesse.

Confesso que esta pessoa há muito, que ouvi dizer, estar muito diferente dos antigamentes. A má fama do rapaz é vasta, entre os meus colegas de imprensa, já lhe tentei dar emprego, num sítio onde trabalhava e disseram-me logo que esta pessoa preferia morrer de fome a alguma vez trabalhar para jornalismo cor de rosa...embora lembro-me de me dizerem, o rapaz andar mesmo na rua da amargura. Enfim...

O certo é que me irritou o ar intelectual como me olhou e fingiu não me conhecer.

 Ele já tinha esse habito na faculdade, de se achar superior ao resto dom mundo, desprenzando tudo o quanto fosse mais popular ou comercial. Só coisas intelectualóides e estranhas mereciam o seu interesse, mas desta vez... ai como me apeteceu dar-lhe um murro na cabeça e fazê-lo reparar que eu ali estava.

Ainda paramais me fez passar por uma má figura quando lhe assenei. ESTÙPIDO!

Deves ter muitos amigos...deves, deves

publicado por Psyhawk às 13:06

12
Jul 06

Confesso que ando sem imaginação. Deve ser do maldito calor. Ando bloqueado, sem paciência...e de resto a minha vidita anda a resumir-se ao mesmo de sempre. Os acontecimentos inusitados, vulgares, de todo o dia parecem não andar a fazer efeito com a minha pessoa. Não me inspiram. Vai dai, não consigo escrever uma linha.

No entanto não tem faltado acontecimentos: visitei uma amiga que tem uma filhota de 2 anos (segundo a Filipa, porque na realidade só tem ano e meio...tão novinha e com pretenções de parecer mais velha. Tás feita Su. Aos 12 já anda a olhar para os de 18! LOL); fui á piscina de um amigo meu que é fabulosa, até às seis da tarde, quando as criancinhas invadem o local, roubam a paz e a calma; andei ás compras e finalmente consegui a maldita mala que tanto queria; e trabalho...cada vez mais. De resto nickles batatooides. Ahhhhh, excepto os anos da Miss Aidinha que brevemente serão expostos aqui no Blog, juntamente com outras fotos, e que foram, mais uma vez um sucesso.

Como vêem não me faltaria vontade de fazer comentário...mas está tanto calor!

publicado por Psyhawk às 23:37

08
Jul 06
publicado por Psyhawk às 11:51

07
Jul 06

Desde que Nelly Furtado surgiu no horizonte musical com o single I'm Like a Bird, sou um dos seus maiores detractores. Nunca achei que ela fosse original, que os álbuns fossem criativos ou que a sua voz fosse minimamente interessante. Para dizer a verdade a cantora de I'm Like a Bird (um dos singles mais chatos do final dos anos 90) aborrecia-me de morte.

OaH NELLY  era uma pastilha sem ritmo, entre o pop e o hip hop que não tinha, na minha opinião quaisquer rasgos imaginativos.

Folklore era dez vezes ainda pior. Não havia uma única música que se destacasse no meio de tanta mediocridade.

Mas os portugueses, porque ela era tia-neta-prima- sobrinha de descendentes portugueses, apaixonaram-se de imediato pela criatura. E achavam os discos da senhora uma preciosidade. Felizmente lá fora o interesse despertado com o primeiro álbum morreu depois do primeiro single.

Fui um detractor da Nelly, mas não mais!

Tudo começou há um mês quando distraido apanhei numa rádio americana, através de maravilha que é a internet, o single de estreia americano, Promiscuous Girl. Rapidamente apaixonei-me pela canção ritmada, quente e com aquela batida des-sincopada...ah lá Timbaland, ou não fosse ele o produtor. 

Uns dias depois chegou a Portugal Maneater, o single europeu que conquistou o número um no top inglês. A minha curiosidade era tanta que andei pela net a checar o cd inteiro da menina. E faz quatro dias comprei-o. E não há uma canção má. Do principio ao fim do disco a sedução é continua: Afraid, No hay IGual, Te Busqué ao lado dos Juanes, All Good Things Come To an End... além dos dois brilhantes singles, acompanhados de videos muito apetecíveis...

Estou de rastos e para mim este já é um dos álbuns do ano.

publicado por Psyhawk às 17:17

06
Jul 06
Só falta sexta...e depois três dias em casa...puff puff
publicado por Psyhawk às 19:04

04
Jul 06

Eu ando mesmo paranóico com isto dos pés.

Mesmo após um jantar divertido (obrigado Vaco e Kitty), cheguei a casa e fui logo ler as instruções de um medicamento que me foi receitado para começar a andar, outra vez, como deve ser.

Não é bem um remédio, é antes uma coisa que se aplica nos pés. Vai dai, li tudo com muita atenção e abri a bolsinha onde está o tal dito milagreiro. O que encontrei foi uma espécfie de velcro que se cola à pele...com cheiro a mentol. Aplica-se no pezito por 24 horas e depois espera-se. Isto todos os dias durante 2 semanas. Depois é esperar pora ver.

Vou-vos dizer uma coisa...ainda não passou mais de uma hora e já deito pelos olhos o cheiro a mentol.

Ai o que uma pessoa faz para não viver doente!

publicado por Psyhawk às 23:26

Julho 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

21

23
26
27
29

30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO