Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

07
Jan 08

Há umas semanas atrás fui ao cinema ver o Eastern  Promises. Não me perguntem o título em português porque realmente não me lembro. Devia ser algo a ver com fatal... quase todos lá vão dar, de uma forma ou de outra.

A primeira coisa que tenho a dizer é que é um bom filme. Bom não...excelente... 

A segunda é que mexe com o estômago...

Para quem gosta de ver filmes de terror, daqueles em que se mata a torto e a direito, sem eira nem beira, e que agora estão tão na moda (tipo o Saw- já vão fazer o quinto...haja pachorra!), este filme é fichinha, mas a verdade é que a coisa mexeu um bocadinho comigo e até quase fechei os olhos.

Juro!

O que mais me impressionou no meio disto tudo, para além da sanguinolência que para ali ia, era a apatia de algumas pessoas face à cena. Como se estivessem a ver mais uma trivialidade do dia a dia. Inicialmente, pensei que estava a imaginar, mas depois, cá fora, dei por mim a reparar que poucas pessoas comentavam as cenas excessivamente violentas.

Conclui, com isto que nos habituámos demasiado depressa a ver pessoas a serem rasgadas de cima a baixo e que um tiro pelo olho, com muito sangue à mistura, é coisa de telejornal...

Na verdade a mim fez-me confusão.

Por muito real que o filme fosse- que o era- continuava a mexer comigo, a deixar-me incomodado.

Mas aos meus companheiros de sala, não!

Estará o mundo a ficar assim tão apático à violência? Será por isso que hoje os putos quando vêem um gajo levar porrada quase até á morte riem-se como se não fosse nada? Ou estaremos demasiado virados para a televisão real, a tal ponto que a realidade já nem é assim tão assutadora? 

Foi perturbador! Foi não...é!

publicado por Psyhawk às 23:53

06
Jan 08
Andar à cata de casa para amigos é a loucura. Mas como é para a minha mais que tudo... alguém sabe de alguma coisa? Ela quer para os lados de Carcavelos... alguém??? Limites no preço... ela tá pobrezinha
publicado por Psyhawk às 21:54

05
Jan 08

Eu não percebo estas estrelas.

Dinheiro, fama e tudo o que quiserem...

Mas chegam aos 23 e pifam

Engravidam como se fossem coelhos, casam e descasam como se fossem as novas Elisabeth Taylors...

E agora...

Britney Spears foi parar ao hospital depois de discutir com o maridinho (ou será ex...á velocidade que a coisa vai!) por causa dos rebentos.

Uns dizem que estava bebeda, outros que teve um ataque de ansiedade.

Seja como for, a rapariga que a meu ver até estava a fazer um regresso musical com consistência atira-se aos leões- e num estado lastimável- como se fosse uma gazela á espera de ser abatida.

Há gente que não devia ter direito a ser famosa.

Aqui fica, para quem ainda quer saber o seu último olhar ao mundo musical um video (finalmente) à medida, e uma canção intoxicante.

E a pensar que estava tudo a voltar ao bomcaminho...

Yeah right

Piece of Me

publicado por Psyhawk às 18:49

Quais Tokio Hotel...

Estes sim... androgenos 100%

Tentam lá descobrir quem são os tipos e as

tipas... é quase impossível

E a música é porreira (apesar do video poder ser beeeeeeeeeeeee melhor)

publicado por Psyhawk às 18:44

Se há coisa que me irrita é não conseguir dormir como deve ser.

Deixa-me piurso. É como se a única parte do dia em que devia estar completamente descansado desse em nada.

Esta noite foi uma dessas.

Ora pensava, ora rebolava, ora debatia-me interiormente com pesadelos que não percebo. Uma infindade de porcarias desnecessárias e que não fazem nem bem à cabeça, nem ao meu tão necessário descanso. Afinal já cá cantam 32 anos, e não vou para novo!

Mas pior ainda é não perceber o porquê nem descobnrir que pesadelos foram aqueles que não me deixaram dormir. Irrita-me isto dos sonhos só poque, quando acordamos, puff, desaparece tudo. O que fica são as dores nas costas, a cabeça a tinir, e o desejo de tentar perceber porque raio se passou a noite sem se descansar.

Com tanta coisa que inventam, já podiam ter desencantado uma máquina para interpertar estas coisas que a nossa mente fabrica. Sempre dava poara dirigir um bocadinho melhor a vidinha não era?

E claro, sempre podiamos por em replay aqele sonho com a bela morena...enfim... aquele...ok... vou dormir!

publicado por Psyhawk às 18:24

02
Jan 08

Quem já viu os meus posts por ai sabe que este ano não consegui fazer um balanço de 2007. Escrevi, e volto a escrever, que a ASAE apreendeu a minha balança porque achava os resultados (que fiquei sem saber bem quais eram) eram duvidosos.

Disseram-me, que dentro de 15 dias entregariam a dita cuja com os resultados verdadeiros. Vou aguardando...

Mas a medo...

Confesso que este ano tive um Dezembro...chalado! Eu, que todos sabem, que adoro jantares de Natal e festanças, andei mais copo vazio que copo cheio.

Não me apetecia fazer compras, irritava-me o espírito festivo e deu cabo de mim ter que estar feliz só porque 2007 dava lugar a 2008. Nem sabem a neura!

Não é que alguma coisa tenha corrido mal, mas a verdade é que quando olho bem para trás, para este 2007, que ainda há uns dias estava aqui comigo, não consigo visualizar nada de extremo. Não há nada que me faça dizer.."aaaaaaaaahhhh isso foi de 2007!".

A minha vida parece estar parada, num mar sem vento, à mercê dos outros, que de quando em vez, por ali passam e deixam viveres...uns bons, outros nem por isso.

Ando de telha que querem!

E parece que não tem fim á vista.

Eu bem tento colocar um sorriso na cara todos os dias, e ver o lado B da vida (pelo menos é o que diz aquele sumo conhecido), mas não o vejo. Ou será que os meus óculos estão estragados? E as lentes riscadas (disso tenho a certeza porque ainda ontem reparei...damn...mais dinheiro a desaparecer da minha conta!).

Seja como for... venha dai 2008!

Pelo menos que seja tão bom como 1998...

(acabei de ler o blog do meu caro amigo Neo... e subitamente algo se alegrou na minha vidinha. Não foi uma clarão, mas uma luz branca e bela. Chama-se sinal de amizade, por muito piegas que possa parecer, e deu-me novo alento para o que ai possa vir!)

Mesmo assim isto não anda bom! Acho que vou deitar-me e acordar em 2009! Que tal?

publicado por Psyhawk às 23:57

Hoje olhei aqui para o lado...para  a parte cronológica do blog, e reparei que o "rapaz" já tem quase cinco anos.

Sei que não postei diariamente e que por vezes, houve momentos, que o que aqui apareceu foi tudo menos escrita, mas a verdade é que lhe dediquei muito do meu tempo.

Muitas das vezes foi a estas horas da noite que me sentei e lhe dei animo. Dei-lhe vida. Aqui estão aventuras, desventuras, reclamações (tantas), gostos, ideias, e até idiotices... no fundo uma boa parte de quem sou. Uma espécie de curriculum vitae mas com poucos nomes, reduzidissimas moradas e até escassas fotos...mas o resto está cá tudo!

O que mais espantava quem por aqui passava era a capacidade que eu tinha de me pôr à frente do compuatdor- hoje ja um portátil-  e depois de um dia de trabalho, muitas vezes passado em frente a um computador...mas piorzinho!

Mas a verdade é que este espaço, já se tornou mais do que uma simples rotina, uma obrigação (que nunca o foi). Tornou-se uma parte de mim mesmo.  E quando não apareço por aqui, sinto um vazio estranho...como se algo em mim estivesse em falta.

Espero que 2008 me traga mais força para que os cinco anos sejam apenas uma marca, uma numa longa jornada.

publicado por Psyhawk às 23:10

01
Jan 08
palavras para quê!
publicado por Psyhawk às 22:57

Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
15
16
18

21
23
24

28
29
30


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO