Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

18
Dez 06

Depois de um jantar na sexta, seguiu-se mais um no Sábado. Bem mais sossegado que o primeiro, mas que originou um episódio no mínimo peculiar. Depois da janta, eis que quatro dos convivas decidem beber um copo. Apesar do cansaço da noite anterior não podia rejeitar um copo, meia dúzia de risadas parvas e conversa para entreter. Eis então que partimos para o café in. Até aqui nada de novo. No entanto, lá dentro, as surpresas foram mais que muitas. Vejamos assim:

1- A empregada que nos atendeu parecia possuida e só queria que nos despachássemos a consumir para poder levar os copos que estávamos a usar. Além disso tinha memória de peixe e tudo o que lhe dissemos foi esquecido logo que nos virou as costas.

2- Grande parte das mulheres estava vestida de abajur. Uns vestidos estranhíssimos enfiados no corpo, como que á pressão, e apertados nos locais mais estranhos. A acompanhar esta bela indumentária havia ainda umas sabrinas ou prateadas ou douradas. Cada uma pior que a outra.

3- O porteiro devia ter bichinhos carpinteiros e mesmo sem ninguém a entrar ou a sair abria e fechava a porta vezes e vezes sem parar, apesar do frio que se fazia sentir e que congelada até pinguins.

4- Os miudos...sim miudos..que andavam pelo café in, pareciam ter saído de um espiódio de verão de Morangos com Açúcar. Só faltavam as t-shits e os calções e podia ser verão. Ninguémn os lembrou que estavam para ai 8 graus!

5- Uma miuda girissima vestida de azul que andava a distribuir sei lá o quê e que perseguia as pessoas enquanto não lhes enfiava um papel qualquer nas mãos.

Definitivamente não devo ir tão depressa ao Café in!

publicado por Psyhawk às 22:45

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Dezembro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


17
21

24
27
30

31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO