Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

02
Fev 07

Nos dias de hoje, aos 32 anos é suposto estarmos com alguém. Pelo menos, é assim que diz a tradição (embora, como o anúncio lá diz,. esta já não é o que era!). Mulher, amante, namorada...eu sei lá. Tem é que ser alguém, pronto para nos amparar, ajudar nas escolhas, e mais uma centena e tal de opções! É quase impossível, para muita gente, ver alguém aos 32, sozinho, especialmente quando o faz sem problemas, dramas e cocabichinhos na cabeça.

No entanto, confesso, que é d´fícil que os tais bicharocos não apareçam. Afinal todos nos fazem sentir mal quando avisamos: estou só!

Mas vou exemplificar:

Esta semana voltei à senda de ver uma casa (tem sido uam senda tal que até já me passei!). Sim, ainda vivo em casa dos papás, por falta de verbas, mas isso pode mudar nos próximos meses. Por isso, de vez em quando, vou ver uma casita, à procura da tal, que me motive de vez a perder os medos do money e saltar daqui para fora!

Até agora a dos meus sonhos, que garanto, nem são grandes, não apareceu, mas está quase...eu sinto. Mas voltando à vaca fria.

Fui ver a casa. A senhora, da imobiliária, foi super simpática, muito prestável, mostrou o que devia e até o que não devia...da casa (que tinha uns problemas com canalização que iam custar mais do que a casa!).... e tudo corria bem, até a senhora, na casa dos seus 50 anos, fazer a pergunta: Mas, se aceitar, vem para aqui morar sozinho? Ao ver a minha cara de pouco satisfeito ficou tão atrapalhada, embrulhou-se tanto, que acabei por me vir embora antes do fim do tour. Ela que tinha sido tão simpática estragou a encomenda toda...preferia o seu silêncio!.

No mesmo dia fui ao cinema. Sozinho! Ao comprar o bilhete e as pipocas, pois apetecia-me algo entre o doce e o salgado, ai vem a mesma pergunta: Só um bilhete? Vê mais alguém? perguntei eu ao rapaz da bilheteira. Ele riu-se, com ar de pena, e lá me vendeu o bilhete.

Ah noite...os meus tios apareceram por cá. Estava já de saida, pois tinha planos para essa noite, quando após os cumprimentos da ordem e respostas da praxe, vem a pergunta: Mas vais sair sozinho? E a namorada? Não respondi, pirei-me e fiquei a pensar: mas será que não posso fazer nada sozinho?

Oh senhores, mas será que uma pessoa tem que ter sempre uma muleta para ser feliz? Claro que toda a gente a procura alguém especial, mas durante os periodos em que estamos sós também  nãom podemos ser felizes? Raios e coriscos para esta gente toda!

publicado por Psyhawk às 12:19

Espero não estar a ser inconviniente a comentar neste blog ate porque não o conheço...de qqr I was just walking by e... eis que essa foi a minha situação até há 5 meses atras.... Só....tinha os meus amigos, fazia os meus programas que achava sempre que eram mto poucos e, qdo nao tinha companhia p fazer o que me apetecia ia sozinha apesar dos olhares de estranheza das pessoas ao ver-me sempre sozinha....Alias, com a mente preversa das pessoas actualmente, deveriam pensar que era Lésbica( nao tenho nada contra, mas nao o sou!)
Há 5 meses a paixao assombrou-me e desde entao vivo uma relação especatcular....mas nem tudo o que parece bom, o é em pleno... Sinto imensa falta de poder fazer tudo akilo que fazia antes sem dar satisfaçoes nem andar com o apendice atrelado! ou mm ter de abdicar de fazer esses programas porque ele nao gosta....Ir sozinha? sair SOcom amigos? esquece! Não ha liberdade p fazer o que nos vai na gana porque começa-se a ouvir : " Mas não gostas de mim? não gostas da minha companhia?" é um dilema...
Por isso so tenho a dizer: Aproveita! Parece mau mas no fundo o que tens é espectacular! Não vá um dia te apaixonares e passares a ter saudades de estar sozinho!

kisses Rita
Rita a 14 de Fevereiro de 2007 às 15:45

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
16
17

18
23

25
27


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO