Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

21
Mai 05
Darth.jpg

Hoje é sábado e realmente não tenho tido tempo para escrever neste blog e dedicar algum tempo para fazer a review ao terceiro capítulo da Guerra das Estrelas.

Confesso que estava ansioso e quando soube que o Vasco da Gama vendia bilhetes para a 00.10 de Quinta (era quarta feira e tinha acabdo de ver uma decepção chamada The Jacket)... ou seja , apenas dez minutos depois da estreia oficial corri para a bilheteira.

Foi com emoção que vi aparecerem as primeiras imagens em écran, do filme que este ano, vou certamente ver mais que uma vez. E com esta frase acho que já dei a conhecer que achei o filme brilhante. Posso estar em desacordo com mais de metade...talvez até mais, da população portuguesa, mas desta vez George Lucas entregou-nos uma pelicula sentida, cheia de sentimentos, a uma velocidade estonteante capaz de se comparar com a primeira trilogia, ou seja a que inclui os episódios IV, V e VI.

Foi com um sentido dramático que assistimos à transformação de Anakin Skywalker para a figura que durante anos foi o vilão perfeito: Darth Vader. As voltas e reviravoltas do enredo, potenciado por efeito especiais de um brilhantismo poucas vezes conseguido enchiam um écran pejado de emoções. Mesmo a intrepertação algo menor de Hayden Christiensen do episódio anterior foi substâncialmente melhorada... mas também... depois de termos visto o Mark Hamil a fazer de Luke, não podemos dizer que esta saga alguma vez aguentou os seus louros na representação, mas sim nas personagens fortes e numa história como poucas.

Tudo corre a uma velocidade perfeita. Todas as pontas soltas são atadas. E se bem que a Natalie Portman quase não é vista, excepto a carregar uma barriguinha que vai crescendo, é bom ver aquela presença feminina.
Mas são os minutos finais que nos trazem mais emoções. Ver Darth Vader, o Imperador e aquele general- que infelizmente não me lembro do nome- a olhar para a Estrela da Morte e depois a Tia Beru e o seu maridito a olhar para por do sol em Tatooine, na mesma posição que Luke será visto apenas 20 anos depois... (ou será antes?!)
É sem dúvida um filme a ver e rever.
Sei que a crítica vai esmagar o filme pois conheço os nossos meninos da caneta e da boca fácil, Mas pouco importa. Os fãs vão ficar estasiados, os que não são, vão tornar-se.

Ahhhhhhhh e só para lembrar quem não viu ainda...há muitas dicas em relação a pequenos pormenores... como o cabelo de leia, as X-Wing, e até alguns nomes...basta estar atento... verão que pormenores não faltam!
publicado por Psyhawk às 11:06

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Maio 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13

17
18
19
20

22
23
25
27
28

31


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO