Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

04
Mai 05
Alguma vez já se sentiram apenas uma agenda de telefone? Um contacto para que alguém obtivesse números de outros, sem que depois a conversa continuasse? Pois se nunca vos aconteceu, nas últimas semanas é o que se passa comigo.
Imaginem um amigo de longa data. Conseguem? Óptimo. Imaginem agora que nos últimos meses, por uma ou outra razão, a pessoa se tornou esquiva, mais ou menos incontactável, e sempre muito ocupada. Já está? Óptimo. Agora imaginem que sempre que essa pessoa fala com voces, via telefone, é apenas para pedir um contacto. Findo isso há tempo para 2 ou 3 minutos de conversa rápida e tchau. Nada mais.
Não se sentiriam irritados...especialmente depois de terem avisado a pessoa que não são uma agenda e sim um amigo de longa data? Se sim, então imaginem-me como estou. É que é o que se passa comigo. Mais, a pessoa em questão quando se apercebe que não estou em casa, perto da agenda fica chateada, porque a vida dela depende de mais um número de telefone, mais um contacto.

Mas atenção:
Não é pelos pedido em si, pois não me importo de fornecer grande parte dos números que tenho á disposição, mas é pelo teor da conversa que nos últimos meses se resumiu a isto:
_ Olá estás bom?
_Estou
_Olha tens o número de tal e tal
_ Tenho
_Dás-me
_88888888888
_ok então tchau. estou cheio de trabalho. Depois falamos- desliga o telefone.

Isto irrita até um santo.
E pior, a pessoa não percebe que isso irrita...melhor...percebe mas está-se nas tintas para o que se passa. E depois ainda resmunga quando lhe faço ver que isto assim já é demais!
Eu realmente em outra incarnação devo ter sido mesmo um génio do mal!
publicado por Psyhawk às 20:23

Escreve-se "encarnação"Carlos Mariano
</a>
(mailto:cmariano@record.pt)
Anónimo a 5 de Maio de 2005 às 17:58

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.