Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

30
Nov 04

anastacia.jpg


Depois da desilusão que havia sido o forçado espectáculo dos The Corrs, no Pavilhão Atlântico, era com muito medo que me dirigia a esta sala para ver a Anastacia. Tudo porque parecia que tudo continuava tão desorganizado como antes. Felizmente enganei-me e às 21h30 começou o último espectáculo desta nova diva- a tourné fechou por agora.


 Não se esperava uma explosão de dançarinos, cor e versões estravagantes de canções conhecidas, mas um bom concerto cheio de garra, força e acima de tudo muitas músicas conhecidas. Anastacia fez por isso e ao fim de apenas 3 canções tinha a sala completamente conquistada.  Seasons Change que abriu o espectáculo, com a histeria do público a ir mais além que a voz da cantora provou que este era certamente um dos concertos mais aguardados deste ano.


A voz, essa parecia imaculada. Era como se se ouvisse um disco. Anastacia não erra uma nota e parece não demonstrar cansaço mesmo depois de ter que dançar com os seus acompanhantes. Sucesso após sucesso a cantora entrega-se a um espectáculo que apesar de simples, vive de uma voz que parece não ter fim: Why You'd Lie To Me, You'll Never Be Alone, Freak of Nature, Sick and Tired e Welcome to My Truth são apenas exemplos de canções que fizeram as vozes do pavilhão atlântico gritar um pouco mais. O público esse entregou-se de imediato. Uma entrega que a cantora agradeceu ora em inglês ora num português mais que macarrónico.


 Anastacia pode ter sido mais uma vítima do cancro da mama, aliás como fez questão de frizar, mas a garra desta mulher pode ter sido a única coisa que a salvou. Como homenagem ficou Heavy on My Heart, o próximo single.


E depois estávamos no fim.


É verdadeque houve uns momentos menos bons, como a versão para esquecer do grande êxito Not That Kind que foi transformada numa aberração Funk disparata e ainda duas músicas cantadas com o coro. Fora isso, não há nada a apontar.


Para o fim dos grandes êxitos, Left Ouside Alone- que o público conseguiu fazer com que a cantora se deixasse de ouvir por completo-, One Day in Your Life- que provou que Vanessa da Academia de Estrelas é uma voz que não devemos esquecer - e I'm Outta Love.


Nota a quem gostou do último CD da cantora: I do ao vivo é provavelmente um dos melhores momentos de todo o espectáculo- tirando as imagens das criancinhas desgraçadas que surgem frame após frame.

publicado por Psyhawk às 00:47

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
13

16
18
19
20

21
22
23
26
27

28
29


subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO