Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

15
Nov 04
O que fazer a pessoas com serradura na cabeça?
Como substituir essa amalgama de nada por algo útil, interessante e que impessa esses seres de simplesmente serem uma cambada de inúteis? Há alguma pílula? Um remédio milagroso? Ou está tudo esgotado? Porque á velocidade que vejo o crescimento de cabeças ocas, vazias e sem um pingo de pensamento interessante, interrogo-me se nos vamos todos tornar a típica loira das anedotas, onde ninguém diz absolutamente nada de jeito!
É que dos ministros, às celebridades, passando por figuras públicas e alguns amigos que subitamente resolveram engolir um dicionário de idiotices sem piada, acho que este país está a ficar pejado de gente que só apetece pôr na sanita e puxar o autoclismo e nunca mais os ver (rezando claro que sejam filtrados numa fábrica de tratamento de águas residuais e nunca vão dar ao mar como desperdícios porque este já está poluido o suficiente)!

Ou será que me tornei demasiado exigente com as pessoas que gosto com quem falo ou apenas com o mundo em geral? Ver as notícias é o mesmo que ir a uma convenção de idiotas chapados, pois é ver decisões ridículas atrás de medidas sem qualquer interesse. E falar com figuras públicas é muitas vezes o mesmo que mergulhar num mar de nadas e brancos totais.

Meu Deus...
Estaremos todos a tranformar-nos, lentamente, como que se um vírus tivesse entrado por nós adentro, em condes de White Castle? Se for isso...onde está a pistola?

Sempre pensei que o mundo eventualmente, depois de cometer muitas idiotices desse a volta por cima e as pessoas, subitamente, decidissem fazê-lo crescer, melhorar as suas condições de vida, as dos outros, dos animais...eu sei lá.
Mas a idiotice permanece e cresce... e pelos vistos não há forma de a parar!

Com isto concluo que tenhoq ue arranjar um plano qualquer...
Porque não aguento mais ...
Por isso vou tornar-me ditador.
Alguém conhece um pais de gente inteligente, simpática, afável e sem preconceitos que aceite um governador?
publicado por Psyhawk às 21:07

1 comentário:
Sempre fui consumidora de Telejornais. Ainda hoje o sou, mas a meio já estou enjoada de tanta barbáridade que vejo e oiço. Não tenho receio de dizer que a co política que agora está nos comandos da nação me provoca arrepios e enjoos matinais.raquel
</a>
(mailto:rracas@hotmail.com)
Anónimo a 20 de Novembro de 2004 às 11:23