Onde todos podem uivar o que quiserem... vejam por mim!

31
Out 04
Eu sei que os portugueses parecem não pensar muito quando se toca a eleições, seja do que for. Optam por escolher aquele em quem votam há mais de 10 anos e já está. Muitas vezes os ideais políticos já estão mais que ultrapassados, mas como também não estão para ouvir o que os outros defendem ficam-se pelo mesmo. É tipo como no futebol. Mesmo que a merda continue a acumular-se defende-se com garras e dentes, mesmo sem razão, o clube escolhido. E dar o braço a torcer é o mesmo que ser traidor!

Nos Estados Unidos passa-se exactamente o mesmo ou ainda pior. As eleições presidenciais começam em dois dias. Kerry e Bush estão, segundo as últimas estatísticas taco a taco. Existem mais de dez estados indecisos que podem dar a vitória a um ou a outro. Enquanto isso não acontece os candidatos vão insultando-se, defendendo os seus ideiais e fazendo campanha até ao último minuto.
De um lado Kerry, liberal, com ideias recentes, algumas até muito progressistas, mas com uma figura e um passado que até agora pouco inspirou os americanos. Do outro Bush. Um idiota, que vive ainda antes dos anos oitenta, que pensa que a guerra é a solução para grande parte dos problemas mas que infelizmente consegue convencer quase metade de um país rural, ultraconservador, que continua a achar que um beijo na boca, na televisão, antes das seis da tarde devia ser proibido.

Dois pontos de vista, que infelizmente podem decidir os destinos deste mundo. Por isso a grande importância destas eleições para todo o Globo! Porque elas podem simplesmente decidir se vamos continuar a levar com atentados ou não!

Por mim o macaco Bush, há muito que devia ter levado um tiro. Não há ninguém mais demagogo, mais rídiculo, conservador e a viver no século passado do que este senhor- ok, há o paulo Portas, mas o poder desse senhor é quase infimo, por isso não temos, para já que nos preocupar!- Um homem que só vê cifrões (parece até o nosso Durão quando se fala em cifrões!), petróleo e tiros de pistola como no Oeste. que pelos seus ideiais, não os do país está a por toda a gente em jogo. A Europa já decidiu: Adeus Bush... mas o próprio país está indeciso.
E se for como há quatro anos, depois daquelas confusões no estado da Flórida que podiam ditar quem vencia... e que segundo centenas de analistas tudo foi viciado, para que Bush ficasse com o rabinho sentado na Casa Branca, podemos bem preparar-nos para o pior. O Macaco vai lá fica mais 4 anos!
publicado por Psyhawk às 10:54

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14
15

17
18
19
21

27
28



subscrever feeds
mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

3 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO